Após derrota sofrida, Vasco tem 1% de chance de acesso

·2 min de leitura
Fernando Diniz durante partida contra o Guarani. Foto: Diogo Reis/AGIF
Fernando Diniz durante partida contra o Guarani. Foto: Diogo Reis/AGIF

Não bastasse o roteiro de filme de terror para o torcedor do Vasco, que viu a derrota para o Guarani, com pênalti perdido no fim do jogo e gol do rival no lance seguinte, as chances de acesso são cada vez menores para o clube cruzmaltino.

Restando apenas cinco jogos para o término da Série B, a possibilidade estatística do Gigante da Colina retornar à elite do futebol brasileiro já para 2022 é de apenas 1%. O levantamento foi feito pelo site especializado "Infobola", do matemático Tristão Garcia.

Leia também:

A distância dos cariocas para o Goiás, último time do G-4, é de sete pontos - 54 do Esmeraldino contra 47 do Vasco. Antes da rodada, a situação vascaína já era complicada, com 6% de chances, e a equipe precisava vencer as seis partidas que restavam para voltar à elite do futebol brasileiro.

Alexandre Pássaro, diretor executivo do clube carioca, chegou a citar o número mágico de 64 pontos para que o Vasco voltasse à Série A.

Reta final começa com clássico

Para manter vivo o sonho do acesso, o Vasco precisa vencer seus cinco compromissos e ainda contar com tropeços dos adversários.

A tabela é complicada e, para piorar, o próximo confronto é o clássico contra o Botafogo, neste domingo (07), em São Januário.

Na rodada seguinte, o adversário será o Vitória, na próxima quarta (10), também em casa. Depois, o Vasco viaja para o centro do país, onde encara o Vila Nova, em 15 de novembro.

Os últimos dois jogos da temporada vascaína serão contra o Remo, em São Januário, e o Londrina, no Paraná, jogos ainda sem datas definidas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos