'Abençoado', Jô agradece ao Timão e rebate: 'Não subestimamos ninguém'

Atacante do Corinthians enaltece fase iluminada em clássicos e evolução do Corinthians durante a temporada, sob o comando do técnico Fábio Carille

"Mister clássico" ou "God of Clássicos". O torcedor do Corinthians pode chamar Jô da forma que quiser. Com aproveitamento de 100% em clássicos, com quatro gols em quatro partidas, o atacante vive grande fase e, mais uma vez, garantiu a vitória alvinegra. Segundo ele, este início de ano tem sido "abençoado".

- Estou trabalhando para isso. Clássico é sempre bom jogar. Esse ano, Deus está abençoando. É manter isso aí para que possamos ir à final. Devo do presidente até o porteiro, que me apoiam demais. É Deus quem me capacita a fazer um bom trabalho - declarou o goleador.

Antes do clássico da noite deste domingo, Jô já havia balançado as redes nas vitórias contra o Palmeiras (1 a 0) e Santos (1 a 0) e no empate com o São Paulo (1 a 1). Ele é o artilheiro do Paulistão com cinco gols anotados.

Com grande vantagem para a segunda semifinal, na Arena Corinthians, Jô ressaltou a evolução da equipe, mas evitou falar em classificação à final. O adversário da decisão sairá do confronto entre Palmeiras e Ponte Preta.

- A gente é um grupo bem tranquilo, quem tem experiência passa aos mais novos que isso aqui não é um clube qualquer, isso aqui é Corinthians. Estamos vindo de um ano não muito bom e já damos um passo muito grande. Nunca subestimamos nenhum clube, trabalhamos na nossa e estamos sendo coroados - analisou.

- Nos temos a capacidade de marcar e correr e todos estão entendendo essa filosofia do professor Fábio. Construímos um resultado bom, mas não tem nada decidido - completou.










E MAIS: