Com apoio da torcida, Ponte encerra preparação para a final do Paulista

A Ponte Preta fechou, neste sábado, a sua preparação para o primeiro jogo contra o Corinthians, válido pela final do Campeonato Paulista. Cerca de 1,5 mil pessoas compareceram ao treino aberto da Macaca para incentivar os comandados de Gilson Kleina antes do confronto no Moisés Lucarelli, no domingo, às 16 horas (de Brasília).

A festa feita no treino aberto deste sábado, que contou com bandeiras, faixas e cânticos em incentivo ao clube de Campinas, deverá ser repetida antes e durante da grande final, já que a diretoria pontepretana convocou a torcida para receber a Macaca antes da primeira partida da final e os ingressos estão esgotados, sendo que a expectativa é de 17.500 pessoas no estádio da Macaca.

#VemProMajestoso pic.twitter.com/Yrx0mnQEy1

— A. A. Ponte Preta (@aapp_oficial) 29 de abril de 2017


O treinador Gilson Kleina não exigiu muito de seus jogadores, que ouviram seus nomes gritados pela torcida, no treino realizado e a única atividade do dia foi o rachão. Além disso, Pottker, Clayson, Lucca e Renato Cajá treinaram cobranças de pênaltis.

Leia mais:

Para entrar na história da Ponte Preta, Fernando Bob quer Macaca focada

Médium de 1977 vê energia pesada na Ponte e novo título corintiano

Jô se diz decisivo e destaca importância de título para o Corinthians

Como realizou treinos fechados na quinta e sexta-feira, ainda existem dúvidas sobre a escalação da Ponte Preta. Marllon recebeu o terceiro cartão amarelo e está suspenso, com isso, Fábio Ferreira e Kadu brigam pela vaga. Ainda na defesa, existem dúvidas nas duas laterais. Nino Paraíba volta a estar à disposição e pode entrar no lugar de Jefferson. Pelo lado esquerdo, Reynaldo volta de suspensão e pode entrar no lugar de Arthur. Já no meio de campo, Renato Cajá deverá começar no banco.

A provável escalação do time campineiro é: Aranha no gol; Nino Paraíba, Fábio Ferreira, Yago e Reynaldo na defesa; Fernando Bob, Jádson e Elton no meio de campo; Lucca, Clayson e Pottker no ataque. O jogo de volta entre as duas equipes será no domingo, dia 7 de maio, em Itaquera.