Apesar das vaias, Donnarumma declara amor ao Milan e faz tatuagem removível do clube

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


Apesar de receber vaias em seu primeiro retorno ao San Siro desde a ida para o PSG na última quarta-feira pela semifinal da Nations League, Donnarumma, goleiro da seleção italiana, declarou amor ao Milan e aceitou fazer uma tatuagem removível do escudo do clube rossonero no braço em entrevista ao programa "La Iene".

- Passei oito anos no Milan e por isso é sempre uma emoção regressar ao San Siro. Cresci aqui e sempre fui torcedor e esse período não se esquece facilmente.

> Veja a tabela das Eliminatórias

Questionado pelo repórter se iria topar fazer uma tatuagem definitiva sobre o Milan, o arqueiro não garantiu, mas disse que iria ver a possibilidade. Mas Donnarumma garantiu que sempre terá o coração rossonero apesar da insatisfação dos torcedores do Milan.

Os fãs da equipe italiana não estão satisfeitos com o atleta e se sentem traídos por conta de sua transferência sem custos para o Paris Saint-Germain na última janela de verão europeu. O jovem de 22 anos já vestiu a camisa do MIlan em 251 oportunidades, mas possui contrato com a equipe francesa até 2026.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos