Apesar da pandemia, Membro do COI acredita que os Jogos de Tóquio poderão ser os melhores da história


Neste sábado, o membro do Comitê Olímpico Internacional (COI) e presidente do Comitê Olímpico Australiano (AOC), John Coates disse, em entrevista, que a Olimpíada de Tóquio, que será realizada em 2021, pode ser uma das melhores da história. O megaevento pretende ser a representação de que a população venceu a barreira do coronavírus e a esperança de um mundo melhor.

- Acredito que as Olimpíadas de Tóquio possam estar entre os melhores Jogos de todos os tempos, se não forem os melhores... "E deixando de lado o paroquialismo de um homem orgulhoso de Sydney... certamente espero que Tóquio seja", brincou, se referindo à Olimpíada de 2000 - comentou no encontro geral anual do AOC.

Segundo o australiano, o adiamento da Olimpíada faz com que a expectativa sobre a realização do megaevento seja ainda maior. Além disso, o dirigente relembrou outros Jogos, que aconteceram após as duas Guerras Mundiais, no século XX. As edições da Antuérpia, em 1920 e Londres, em 1948, que também foram cercadas de incertezas e espera.

- Como todos devemos esperar mais do que a já longa espera pelas Olimpíadas, os Jogos de Tóquio ecoarão suave, mas perceptivelmente, a pura alegria e alívio das outras Olimpíadas de Antuérpia, adiadas em 1920, e Londres, em 1948 - ressaltou o dirigente, que é o chefe da Comissão de Coordenação do COI para Tóquio-2020.

Por fim, Coates falou sobre a possibilidade da Austrália ter sua terceira Olimpíada. Vale lembrar, que o país já foi sede em Sydney-2000 e Melbourne-1956. Dessa vez, estado de Queensland é o candidato aos jogos de 2032, sendo favorito para vencer o pleito.

- Sempre acreditei em fazer da necessidade uma virtude. Já existe a necessidade de emprego e crescimento na economia de Queensland, resultante do impacto do Covid-19. Os Jogos são uma parte crítica da recuperação econômica do estado e do país no curto prazo, além de todos os legados de saúde, bem-estar, econômico e esportivo de longo prazo - salientou.

Até o momento, além da Austrália, Alemanha, Espanha, Índia, Indonésia e Países Baixos já declararam o interesse de receber as Olimpíadas em 1932. Os maiores concorrentes dos australianos, é uma proposta conjunta envolvendo as Coreias do Sul e do Norte.













Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também