Apesar de clima quente, Allione quer time tranquilo contra o Vitória

O Bahia irá receber o Vitória, no domingo, em partida válida pela segunda semifinal da Copa do Nordeste, na Arena Fonte Nova, e o clima pré-jogo vem sendo de muita tensão principalmente após as confusões que houveram no primeiro confronto no meio da semana.

O meio-campista Allione foi o escolhido para dar entrevista coletiva neste sábado e ele ressaltou que, apesar dos ânimos quentes, os jogadores em campo não podem perder a cabeça e precisam lembrar que estão jogando.

“Ninguém vai negar que o clima é de guerra, mas quem entrar em campo precisa estar consciente de que está jogando. Não pode entrar com essa loucura na cabeça de querer bater, de querer fazer alguma coisa porque acaba, como no jogo passado, com um jogador a menos”, afirmou o argentino se referindo à expulsão do atacante Gustavo por dar uma cotovelada em seu adversário.

Allione, que está cedido por empréstimo pelo Palmeiras, também comentou como será a partida e pediu tranquilidade aos seus companheiros de equipe. “A gente tem que entrar sabendo que vai ser um jogo difícil. Tem que entrar 100% ligado, mas ao mesmo tempo tendo a tranquilidade para que o gol possa sair aos 10 minutos, aos 30 minutos ou aos 70 minutos. A gente sabe que precisa de um gol e que não podemos tomar um gol também”.

Sem poder contar com os centroavantes Hernane e Gustavo, o Bahia precisa apenas de uma vitória para garantir vaga na final da Copa do Nordeste. Caso o Vitória marque mais do que dois gols, o Esquadrão de Aço precisará vencer por uma vantagem de dois gols. O resultado de 2 a 1 para a equipe de Guto Ferreira leva o confronto para as penalidades.