No aperto, Djokovic bate Simon em sua estreia em Monte Carlo

Novak Djokovic sofreu, mas venceu na sua estreia no ATP de Monte Carlo. Após abrir vantagem no primeiro set diante de Gilles Simon, o sérvio viu seu oponente empatar a partida e ficar próximo de fechar a vitória no terceiro período, mas reagiu a tempo para despachar o francês por 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 6/3 e 7/5.

Para a próxima fase do torneio em Mônaco, nas oitavas de final, Djokovic aguarda o vencedor do confronto entre o espanhol Pablo Carreño-Busta e o russo Karen Kachanov, para então conhecer seu próximo adversário.

Djoko deu sinais de que comandaria uma partida tranquila, conforme o domínio exercido no primeiro set. Apesar de ter o saque quebrado na posse inicial da partida, o sérvio conseguiu devolver outras duas quebras para cima de seu oponente ao longo da parcial, e confirmou seus serviços seguintes para largar na frente com boa superioridade.

Simon, entretanto, voltou mais atento para o segundo set, e conseguiu devolver ao número 2 do planeta o que ele mesmo tinha causado no início da partida: venceu a posse do Djokovic duas vezes e administrou a vantagem construída para deixar tudo igual e forçar o terceiro set.

A parcial derradeira foi marcada pelo grande equilíbrio entre os dois competidores, que trocaram games de maneira acirrada, até que uma preciosa oportunidade apareceu nas mãos de Simon: o francês conseguiu quebrar Djoko no nono game, fazendo 5/4 e sacando para o jogo na sequência. Quando a derrota parecia provavel, Djokovic ressurgiu e conseguiu ganhar o serviço, voltando a empatar o duelo.

O sérvio voltou a ser decisivo para definir a partida nos games seguintes: confirmou sua posse e quebrou a de Simon pela última vez para conquistar virada no sufoco, após estar a um game de ter sido eliminado.

 

 

Leia também