Após xingamentos a Rafinha no Maracanã, organizada do Flamengo se posiciona contra: 'Somos gratos'

·1 minuto de leitura


A partida entre Flamengo e Grêmio, na última quarta, marcou o reencontro da Nação com o Maracanã. Foi a primeira partida com torcida no estádio em 533 dias, e as reações dos torcedores foram variadas: das vaias a Michael aos xingamentos a Rafinha, que, após fazer história em 2019 com o Manto, voltou ao palco como jogador do Tricolor. Em nota, a Raça Rubro-Negra afirmou não compactuar com as "hostilidades que foram dirigidas" ao ex-jogador do clube.

- Embora acreditemos que nada, tampouco ninguém, está acima do Flamengo, também somos gratos aos que, de alguma forma, prestaram relevantes e honrosos serviços ao clube - diz trecho da nota publicada pela organizada.

Após ser contratado em 2019, conquistar Brasileirão, Libertadores, Carioca, Supercopa do Brasil e Recopa Sul-Americana, Rafinha deixou o Flamengo em agosto de 2020, rumo ao Olympiacos. A passagem pela Grécia foi rápida: em março de 2021, o camisa 13 foi anunciado pelo Grêmio após não entrar em acordo com a diretoria do Rubro-Negro pelo seu retorno ao Ninho do Urubu.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos