Após voltar ao Z4, Vasco inicia sequência dura no Brasileirão diante do Atlético-MG em São Januário

LANCE!
·3 minuto de leitura


A temporada entra na reta final e o Brasileirão promete fortes emoções nas oito rodadas que restam, somados aos jogos adiados. Para o Vasco, a briga é contra um possível rebaixamento, que aumentaria ainda mais a dificuldade financeira para 2021 e teria efeitos esportivos devastadores na gestão de seu novo presidente. Diante disso, a equipe terá pela frente uma sequência dura contra alguns times da parte de cima da tabela.

> Confira a tabela atualizada do Brasileirão 2020 e simule os resultados


Após sofrer duas derrotas, os comandados de Vanderlei Luxemburgo precisam reagir e, neste sábado, recebem o Atlético-MG, quarto colocado, às 21h (de Brasília), em São Januário. Em seguida, visitarão o Palmeiras, finalista da Libertadores, no Allianz Parque, na terça, às 20h.

Com meias que sabem fazer gol! Veja cinco opções por posição para montar seu time na 32ª rodada no Cartola


Antes do clássico contra o Flamengo no próximo dia 4, o Cruz-Maltino terá um confronto direto contra o Bahia, em São Januário, no dia 31. Depois do rival, outro jogo de seis pontos: Fortaleza, no Castelão, no dia 10. Para finalizar o campeonato, três duelos importantes: diante de Internacional, Corinthians e Goiás.

> Cristiano Ronaldo 760 gols: veja o Top 20 dos maiores artilheiros da história em jogos oficiais

De acordo com o experiente treinador, serão oito finais e o time precisa de tranquilidade e união para alcançar o objetivo que é manter o Vasco na primeira divisão. Com 32 pontos, o mesmo número de Sport e Bahia, o Vasco tem 31% de chance de rebaixamento, segundo as projeções do site Infobola, do matemático Tristão Garcia.

- Temos oito jogos para nos mantermos na primeira divisão. Cabe a nós nos envolvermos para isso. Nós, a direção, a torcida, os jogadores, todos. São oito jogos decisivos. Tudo o que puder ser feito para envolver esse ambiente tem de ser feito. Agora, criar um ambiente hostil não vai nos ajudar... - disse o treinador após a derrota para o RB Bragantino.


Para a partida decisiva deste sábado, o Cruz-Maltino terá o retorno de três peças do seu time titular. O lateral-esquerdo Henrique e o volante Bruno Gomes voltam após cumprirem suspensão. Outro reforço importante para a equipe será o argentino Martín Benítez, que não atuou contra o RB Bragantino, e ficou no Rio de Janeiro se preparando para o duelo com o time de Minas.

- Olho neles! Veja técnicos estrangeiros que podem ser opções para times brasileiros em 2021

- Foi uma escolha de usá-lo (Benítez) contra o Coritiba, em casa. Acho que a expulsão do Henrique prejudicou a equipe como um todo. E também prejudicou o Benítez, pois eu tive que colocá-lo em um jogo em que ele não estava pronto para jogar tanto de tempo. Mas ele poderia achar uma bola e começou bem os 10, 15 minutos. Ele acha uma bola, um drible. Então, eu tentei usar isso. Mas ele jogou mais tempo do que devia - disse Luxemburgo.

- Eu vi que trazendo ele (Benítez) para cá, em um jogo difícil contra o Bragantino, teria um risco. Preferi deixá-lo no Rio de Janeiro para treinar e no próximo jogo iniciar a partida contra o Atlético-MG - completou.

Confira os jogos que restam para o Vasco no Brasileirão

Vasco x Atlético-MG - São Januário - dia 23/1 - 21h;
Palmeiras x Vasco - Allianz Parque - 26/1 - às 20h;
Vasco x Bahia - São Januário - dia 31/1 - às 16h (confronto direto);
Flamengo x Vasco - Maracanã - dia 4/2, às 21h;
Fortaleza x Vasco - Castelão - dia 10/2 - 19h15 (confronto direto);
Vasco x Internacional - São Januário - dia 13/2 - a definir;
Corinthians x Vasco - Neo Química Arena - 21/2 - a definir;
Vasco x Goiás - São Januário - 24/2 - a definir (confronto direto).