Após vitória sobre Senegal, Southgate elogia a seleção da Inglaterra e projeta duelo com a França


Gareth Southgate não é uma pessoa de muitos sorrisos, mas o treinador da seleção da Inglaterra estava visivelmente contente após a vitória do English Team sobre Senegal, por 3 a 0, pelas oitavas de final da Copa do Mundo, neste domingo (4). O profissional foi só elogios ao elenco.

O técnico inglês reconheceu as dificuldades que a sua equipe teve durante boa parte do primeiro tempo, mas também destacou a importância da boa atuação dos meias para mudar a figura do jogo, em especial de Bellingham e Henderson que participaram diretamente da jogada do primeiro gol, aos 38 minutos da etapa inicial. O primeiro deu a assistência, já o segundo colocou a bola para dentro.

+ Kane é o herói na classificação da Inglaterra na Copa; veja notas da vitória sobre Senegal!

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

- Estávamos um pouco pegajosos com a bola nos primeiros 25, 30 minutos. Nossas melhores oportunidades surgiram ao ganhar a bola deles. E Jude (Bellingham e Hendo (como Henderson é chamado pelos companheiros) foram excelentes neste aspecto. Ambos são meio-campistas com visão de futuro. Hende não consegui muitos para nós, mas tem sido excelente porque é um líder, une o time, é brilhante na concentração e suas sau atuações têm sido as melhores para nós - afirmou Gareth.

Southgate também destacou a importância do seu capitão e astro do time, Harry Kane, desencantar nesta Copa do Mundo. Chuteira de Ouro no último Mundial, ele ainda não havia balançado as redes nesta edição do torneio, ainda que tivesse participado ativamente de boa parte dos gols ingleses na fase de grupos, tendo dado, inclusive, três assistências.

- Era importante para Harry Kane e para nós que ele marcasse - destacou o treinador.

Harry Kane - Inglaterra x Senegal - Copa do Mundo 2022
Harry Kane - Inglaterra x Senegal - Copa do Mundo 2022

Harry Kane marcou aos 41 minutos do primeiro tempo contra o Senegal o seu primeiro gol nesta Copa do Mundo (Foto: EFE/ Juan Ignacio Roncoroni)

Mas além de Kane, que foi considerado o melhor atleta em campo, o triunfo da seleção inglesa passou pelos pés de um trio de atletas bastante jovens e que estão disputando a Copa pela primeira vez: Bellingham, Saka e Phil Foden têm 19, 21 e 22 anos, respectivamente.

- Temos alguns jogadores super jovens e foi certo dar-lhes a cabeça e a oportunidade. Esses jogos são uma experiência de vida brilhante para eles. O progresso é fenomenal. A equipe fez um jogo muito complicado neste noite parecer simples - disse o comandante inglês.

+ Confira a tabela da Copa do Mundo e simule as partidas do mata-mata

Agora, a Inglaterra terá pela frente a França, que é a atual campeã mundial e está em busca do segundo título consecutivo - terceiro na história. O duelo pelas quartas de final acontecerá no próximo sábado (10), às 16h (horário de Brasília), no mesmo estádio Al Bayt, em Al Khor, no Qatar, que recebeu o triunfo do English Team sobre os senegaleses neste domingo (4).

- A França é uma equipe excepcional, com um recorde fenomenal em torneios e alguns jogadores excepcionais. Então, sem dúvidas, é um jogo onde teremos que encontrar o nosso nível mais alto possível - alertou Gareth Southgate.

Durante a entrevista coletiva, o treinador do English Team também foi questionado sobre Raheem Sterling. O atacante foi liberado do jogo contra Senegal porque a sua casa foi invadida na noite do último sábado (3). O atleta retornou para a Inglaterra para cuidar dos filhos, que estiveram presentes no momento do assalto. Southgate não garantiu o retorno do atacante para o restante do Mundial.