Após vitória na Copa do Brasil, Abel Ferreira revela lesões no Palmeiras e fala sobre Deyverson

·2 minuto de leitura


Atual campeão, o Palmeiras estreou com vitória na Copa do Brasil ao vencer o CRB fora de casa nesta quinta-feira (03) pela primeira partida da terceira fase da competição. Depois do duelo, Abel Ferreira concedeu entrevista coletiva e comentou sobre o jogo, analisando os erros e os méritos do time no triunfo sobre o time alagoano.

– Não entramos bem no jogo. Falhamos passes fáceis, o que nos fez correr muitos metros para trás, causando desgaste físico. Os primeiros minutos foram duros. Mas poderíamos ter um resultado diferente. Gol, bola na trave, gol mal anulado, chance do Rony – avaliou o treinador.

– Jogo difícil. Estou suando sem correr. Sabemos que esse tipo de jogo é a oportunidade da vida para os jogadores do CRB. Sabíamos que seria difícil e vemos os resultados de times da Série A… São equipes que não têm nada a perder. Motivação deles no máximo.

>> ATUAÇÕES: Oportunista, Willian decide em vitória do Palmeiras sobre o CRB
>> Confira a tabela do Brasileirão 2021 e faça sua simulação

O técnico do Verdão também ponderou sobre o desgaste físico que o estado do gramado provocou aos seus jogadores, somado ainda ao tempo quente nesta noite em Maceió. Além disso, citou a lista de desfalques do Alviverde, que vem aumentando pelas lesões e convocações.

– Posso dizer que, por incrível que pareça, muitos dos jogadores perderam mais de 5 quilos. Pediram para hidratar bem a equipe depois do jogo, pois o desgaste foi muito grande. 5 quilos! Para vocês terem ideia do desgaste que o jogo, o clima e o campo provocaram.

– No ano passado, já aconteceram lesões. Temos o Breno fora já há bastante tempo. Veron e Kuscevic… Vocês sabem que perdemos jogadores para seleções… Hoje tivemos lesões. Um foi o Danilo Barbosa, outro foi o jovem Danilo. Vamos ver a gravidade dessas lesões – lamentou Abel.

Por fim, o português opinou sobre a chegada de Deyverson e confirmou o discurso do diretor Anderson Barros de que ele está alinhado com a diretoria do clube.

– Sempre fui verdadeiro com a direção. Sabemos do contexto da pandemia e, neste momento, temos que fazer contenção. Parte financeira acima da parte esportiva. Ele vem nessa linha. Já foi muito feliz aqui. Tenho certeza que o grupo vai receber bem.

Buscando vencer depois da derrota na estreia do Brasileirão 2021, o Palmeiras volta a campo neste domingo (06) contra a Chapecoense no Allianz Parque às 18h15 (horário oficial de Brasília) pela segunda rodada do torneio nacional.