Após vitória do Fluminense na Copa do Brasil, Roger fala sobre Ganso: 'Conto muito com ele'

·2 minuto de leitura


O futuro de Ganso no Fluminense continua incerto. O Santos quer ter o jogador de volta e, inclusive, já procurou o Fluminense para iniciar as negociações pelo meia. No fim do mês de maio, a reportagem do LANCE! confirmou que depois de demonstrar um interesse inicial, o Peixe planeja ter o camisa 10 do Tricolor por empréstimo.

No entanto, apesar dessa situação, o técnico Roger Machado, em entrevista coletiva, após a vitória por 2 a 0 sobre o Red Bull Bragantino, no Maracanã, destacou que "conta muito" com Ganso. O treinador elogiou a atuação do meio-campista na partida de ida da Copa do Brasil e disse que ele é a opção imediata na ausência de Cazares, que serve a Seleção Equatoriana.

> Relembre os momentos decisivos de Fred na segunda passagem pelo Flu

- O Paulo é minha opção imediata na ausência do Cazares. Entrou hoje e muito bem, oferecendo o que tem de qualidade. Tenho buscado ajustar o posicionamento dentro do que eu entendo para aquela função. É uma posição um pouco mais desgastante para o meia atuar no tripé. Mas ele até aqui no Fluminense, com o Diniz, já jogou de volante. Tem essa capacidade e com uma qualidade que poucos tem. Quando entrou achou muitos passes, roubou bolas, demonstrou que está motivado. Conto muito com ele - afirmou Roger.

> Começou o Brasileirão! Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

Pelo lado do Santos, as portas estão abertas. Após a vitória sobre o Cianorte, também na Copa do Brasil, o técnico Fernando Diniz classificou a possível transferência de Ganso para o Peixe como "bom para todo mundo", mas salientou que o assunto é tratado internamente.

- É um assunto interno. Resolvemos internamente. Ganso teve grande participação comigo no Fluminense. Se puder voltar, seria bom para todo mundo, mas tratamos disso internamente - disse Diniz.

O nome de Paulo Henrique Ganso divide opiniões no Comitê de Gestão do Santos. Além da questão técnica, há dúvidas sobre uma volta do jogador ao clube pela saída forçada para o São Paulo, em 2012. Depois de um possível acordo nas condições com o Fluminense, o acordo ainda teria de ser votado no Comitê de Gestão.

Revelado nas categorias de base do Santos, Paulo Henrique Ganso viveu seus melhores dias da carreira na Vila Belmiro, onde ganhou três vezes o Campeonato Paulista, uma Libertadores, uma Copa do Brasil e uma Recopa Sul-Americana. Em 2012, ele foi para o São Paulo e depois esteve no Sevilla (ESP) e no Amiens (FRA), em passagens bem apagadas, antes de desembarcar no Fluminense.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos