Após vitória do Fluminense, Botafogo não depende só de si para avançar no Carioca; Confira as possibilidades

LANCE!
·3 minuto de leitura


O Botafogo ficou à frente no placar em duas oportunidades, mas cedeu o empate contra o Volta Redonda, no último sábado. Somado ao tropeço, a vitória do Fluminense sobre o Nova Iguaçu complicou a vida do Glorioso no Campeonato Carioca. Com isso, a equipe não depende só de si para avançar às semifinais da competição estadual e precisa de uma combinação de resultados.

> Confira a classificação do Campeonato Carioca


Antes de focar no Estadual, o Alvinegro terá mais uma decisão pela frente, porém em uma competição nacional. Pela segunda fase da Copa do Brasil, os comandados de Marcelo Chamusca viajam para Natal e encaram o ABC, quarta-feira, às 21h30 (de Brasília). Em caso de empate no tempo normal, a vaga será decidida nos pênaltis.

Clássico decisivo por uma vaga nas semifinais

Com 12 pontos, e ocupando a quinta posição, o Botafogo enfrentará o Fluminense no próximo sábado, às 16h, no Maracanã. A diferença entre as equipes é de quatro pontos restando apenas duas rodadas para o fim da Taça Guanabara. O Alvinegro terá que vencer o duelo, derrotar o lanterna Macaé, no último jogo, e torcer por uma combinação.

Para isso, o clube terá que quebrar um jejum de quase dois anos sem vencer o Fluminense. O último triunfo do Alvinegro aconteceu no dia 11 de maio de 2019, com gol de Alex Santana. Desde então, foram três vitórias do Tricolor e dois empates.

> Confira mais notícias sobre o Botafogo

Além de vencer as duas partidas, o Glorioso terá que torcer por um tropeço do Tricolor das Laranjeiras diante do Madureira no outro final de semana. Outra hipótese seria duas vitórias seguidas e duas derrotas da Portuguesa-RJ, que tem 17 pontos, e enfrenta Flamengo e Boavista. Uma combinação de resultados que colocaria o clube nas semifinais, porém caso não consiga avançar, disputará a Taça Rio.

Botafogo x Boavista - Marcelo Chamusca
Botafogo x Boavista - Marcelo Chamusca

Chamusca terá duas decisões nesta semana (Vitor Silva/Botafogo)

O tradicional segundo turno do Campeonato Carioca se transformou nesta edição em uma disputa entre os clubes que terminarem da quinta a oitava colocação. Esses times disputarão a Taça Rio, mata-mata de consolação que terá semifinal e final, em ida e volta.

> Kalou fora: veja quem saiu e quem pode deixar o Botafogo

Apesar disso, cabe salientar que o Botafogo ainda está formando uma nova equipe em meio à uma temporada com um calendário apertado. Sem descanso devido ao atraso ocorrido no futebol brasileiro por causa da pandemia, Marcelo Chamusca utiliza o Carioca para fazer testes e construir um time-base para a disputa da Série B. O técnico crê que a equipe tem evoluído e comentou sobre a atuação contra o Voltaço.

- Não vi falta de atitude. Estivemos duas vezes na frente, faltou consistência defensiva para manter e jogar com o resultado. Quando coloquei o Marcinho no lugar do Ricardinho era pra gente ganhar um jogador de transição, de contra-ataque por dentro, eles estavam abertos, a gente não soube aproveitar - disse o treinador, e completou.

- Aproveitamos a semana para organizar a mecânica ofensiva, acho que produzimos bem, foram 18 finalizações, tivemos combinações interessantes. Acho que evoluímos na mecânica de jogo e competimos melhor. Faltou mesmo consistência e organização defensiva para aproveitar o resultado - avaliou Chamusca na última coletiva de imprensa.