Após vitória do Flamengo, Ceni minimiza gols perdidos: 'O importante é criar chances'

LANCE!
·2 minuto de leitura


O Flamengo venceu o Sport por 3 a 0 - gols de Gabriel Barbosa, Bruno Henrique e Pedro -, mas a sensação é de que o placar poderia ter sido mais elástico na Ilha do Retiro. Afinal, o time de Rogério Ceni finalizou 21 vezes e desperdiçou algumas chances claras durante a partida. Após a partida, que deixou a equipe na vice-liderança do Campeonato Brasileiro, o técnico Rogério Ceni exaltou o lado "meio cheio do copo": as chances criadas nos 90 minutos.

- Tem gente que vê quantos gols foram perdidos, eu vejo as chances criadas. Ao criar muito a tendência é fazer gols - afirmou Rogério Ceni, antes de completar:

- O importante é criar chances. Trabalhamos muito finalização. Com um intervalo de dois dias (entre jogos) não tem como, pois a recuperação tem um tempo escasso. Quando temos tempo, nós treinamentos. Uma das coisas que mais fazemos com os atacantes e meio-campistas - completou o treinador.

> Confira a classificação e simule as rodadas finais do Brasileirão!

O elenco do Flamengo se reapresenta nesta terça-feira, no Ninho do Urubu, e inicia a preparação para o clássico com o Vasco, na próxima quinta-feira, às 21h. A partida, pela 34ª rodada do Brasileirão, será no Estádio do Maracanã.

Confira outras respostas do treinador Rogério Ceni na Ilha do Retiro:

Substituições

Gerson saiu com entorse no tornozelo. Já tinha sentido no tornozelo. Diego acabou sentindo a lesão. Tive que fazer uma parada com três alterações. Diego estava com cartão amarelo, um pouco cansado. Poderia ter segurado os atacantes, mas só tinha mais aquela parada, por isso os troquei.

Entrada e participação de Pepê

O Pepê era um jogador que estava com o contrato a vencer, gostei muito de vê-lo treinando. Fiquei feliz por ter renovado com o contrato, fez o gol contra o Palmeiras, tem nos ajudado, tem sido fundamental nesse revezamento no meio de campo. Um pouquinho abaixo hoje, mas importante para dar ritmo de jogo.