Após ver falhas na defesa, Odair Hellmann ainda tem dois jogadores para testar no setor


O Santos de Odair Hellmann tem apresentado falhas defensivas no início do Paulistão 2023. São três gols sofridos em apenas dois jogos e alguns deles contaram com erros individuais dos atletas. Como possibilidades para corrigir o setor, o treinador ainda tem dois nomes para testar, que ainda não atuaram na temporada e estão inscritos no Estadual: os zagueiros Messias e Luiz Felipe.

Nas duas primeiras partidas do Campeonato Paulista, contra Mirassol e Guarani, Odair utilizou os mesmos jogadores na linha defensiva: João Paulo, João Lucas, Maicon, Eduardo Bauermann e Lucas Pires. O lateral-direito Nathan é outro que entrou em ambos os confrontos.


Opção para a zaga, Messias foi contratado em dezembro do ano passado, junto ao Ceará. Comprado em definitivo e com um contrato válido até 2025, ele treina com o grupo desde a reapresentação do elenco. Pelo Vozão, somou 95 jogos, três gols e foi titular em grande parte da passagem pela equipe cearense.

Luiz Felipe é jogador do Santos desde 2016 e alternou momentos como titular e reserva. Ao todo, ele entrou em campo em 135 oportunidades, marcou dois gols e distribuiu três assistências.

Messias - Santos
Messias - Santos

Messias ainda não estreou (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Luiz Felipe - Santos
Luiz Felipe - Santos

Luiz Felipe ainda não foi utilizado (Foto: Ivan Storti/Santos)

OS ERROS DOS PRIMEIROS JOGOS

Apesar da vitória santista na estreia do Paulistão, quem abriu o placar foi o Mirassol. Com muito espaço no meio-campo, Danielzinho ajeitou e chutou de fora da área. Quem falhou na jogada foi o goleiro João Paulo, que aceitou um arremate defensável.

Na derrota para o Guarani, ocorreu um erro conjunto. João Paulo tocou na fogueira para Eduardo Bauermann, que perdeu a jogada perto do gol. A bola foi retomada pelo Bugre, Derek recebeu na área, e o goleiro do Santos cometeu pênalti. 5 minutos de jogo e o Peixe já estava atrás no placar.

No terceiro gol, novas falhas. Lucas Pires, que vinha sofrendo em disputas pela esquerda, deu espaço para Bruno José e ficou atrás na corrida. O jogador do Guarani cruzou para Careca, livre de marcação e nas costas de Maicon, cabecear para o fundo das redes.

Lucas Pires - Santos
Lucas Pires - Santos

Santos perdeu para o Guarani, e Lucas Pires não foi bem (Foto: Divulgação/Santos)

HELLMANN NÃO CURTIU

O comandante santista disse que erros do time comprometem os planos montados para as partidas. Contra o Guarani, o gol sofrido pelo Peixe no começo do jogo, na visão do técnico, dificultou o bom rendimento da equipe.

+ Odair Hellmann aponta erros na derrota do Santos: 'Trabalhar muito para estabilizar a equipe'

- Quando você leva um gol com quatro minutos de jogo, a questão de estratégia e tudo que foi montado, desenhado e pensado vai para um outro plano. Ela sai do contexto planejado, sai do treinamento, o jogo se transforma - afirmou o treinador, após a derrota para o Bugre.

- A gente demorou uns 20/25 minutos para entrar no primeiro tempo, porque eles conseguiram o primeiro gol muito rápido por um erro nosso. O adversário ganha confiança, estabilidade - completou.

Odair Hellmann precisa ajustar os erros defensivos. Resta saber se manterá os mesmo nomes ou fará alterações.