Após vencer a Libertadores, Governador do Rio ajoelha para Gabigol, que despreza

Gabigol marcou dois gols e foi o herói da partida contra o River Plate (ARG) (Reprodução)
Gabigol marcou dois gols e foi o herói da partida contra o River Plate (ARG) (Reprodução)


Após vencer a Copa Libertadores, o atacante Gabriel Barbosa marcou dois gols na decisão deste sábado, em Lima, e segue com a moral alta com os torcedores. Contudo, uma cena inusitada foi bastante comentada pelos internautas chamou a atenção nas redes. Em um vídeo, o governador do Rio de Janeiro Wilson Witzel aparece ajoelhado em campo abraçando o camisa 9 da Gávea, que despreza o político.

O autor dos gols, que conversava com outras pessoas, chegou a apertar a mão de Witzel, mas, quando reparou quem era e que o político estava abaixado, Gabigol seguiu andando e deixou Wilson no vácuo. Antes de ser eleito, Witzel assumiu torcer para o Corinthians, em entrevista ao L!. O representante do Estado do Rio estava com um uniforme rubro-negro, após ser eleito, Wilson Witzel declarou diversas vezes ser Flamengo.


Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Após 38 anos de espera, os rubro-negros voltaram a gritar: "Somos campeões da América". Em Lima, no Peru, o Flamengo venceu, neste sábado, o River Plate e conquistou a sua segunda Copa Libertadores. Com dois gols de Gabigol, já no fim da partida, o Rubro-Negro virou a partida em 2 a 1 e levantou a taça da competição continental. O Flamengo volta a disputar o Campeonato Brasileiro nesta quarta-feira, contra o Ceará, no Maracanã, pela 35ª rodada.


Leia também