Após troca de documentação, Vasco assina contrato com a JJ Invest

David Nascimento
LANCE!
O 'esterno' do uniforme, onde a marca da JJ Invest aparecerá, é entre o escudo do clube e a logo da Diadora. Veja galeria L!

Após troca de documentação, Vasco assina contrato com a JJ Invest

O 'esterno' do uniforme, onde a marca da JJ Invest aparecerá, é entre o escudo do clube e a logo da Diadora. Veja galeria L!


Em negociação desde setembro com a JJ Invest, empresa de investimentos no mercado financeiro, o Vasco terminou nesta semana a troca de documentação e acabou por assinar o contrato de patrocínio. A marca da JJ Invest irá ser estampada no "esterno" do uniforme, que fica centralizado entre o escudo do clube e a imagem da Diadora, forncedora do material esportivo, até o fim de 2019. A informação foi publicada inicialmente pelo site da "Globo" e confirmada pelo LANCE!.

A demora pela assinatura aconteceu após a gestão do presidente Alexandre Campello recuar até que a JJ Invest apresentasse uma série de documentações que comprovem sua regularidade, já que anteriormente a empresa chegou a ser punida pela Comissão de Valores Mobiliários. A estreia na camisa deve acontecer somente no jogo diante do Atlético-PR, quarta-feira, em São Januário - antes, no domingo, o Vasco visita o Grêmio, fora de casa, pelo Campeonato Brasileiro.

A JJ Invest já patrocina outros clubes no futebol do Rio de Janeiro, como o Atlético-RJ, Goytacaz, Serra Macaense, América-RJ, Bonsucesso, Tigres, Campos, Macaé e Americano. A empresa de investimentos patrocinadora é presidida por Jonas Jaimovick, consultor financeiro, que atua no cenário no mercado fluminense. Faltando seis jogos para o término da temporada, o Vasco acredita que em ao menos mais um jogo conseguirá fechar também mais um contrato de patrocínio pontual com outra empresa.

De forma fixa no uniforme do Vasco, atualmente, há os patrocínios de empresas como a Zoom, o Yes!, a Refit, a Tim e o GPI. A área master ainda segue sem patrocínio fixo, com a diretoria comandada por Alexandre Campello seguindo no mercado em conversas em prol de uma negociação vantajosa para o Cruz-Maltino na principal posição do uniforme - a última empresa fixa no local foi em 2017 ainda com a Caixa Econômica Federal.


Leia também