Robson Bambu decepciona na zaga do Corinthians e deve voltar para a França

Robson durante treino do Timão na Argentina (Foto: Rodrigo Coca / Agência Corinthians)


Robson Bambu chegou ao Corinthians em janeiro deste ano, como um empréstimo do Nice - da França - até o final de 2022. O zagueiro foi anunciado ao clube com boas expectativas, mas não rendeu o que era esperado.

Saiba quais são os jogadores com mais gols pela Seleção Brasileira em Copas do Mundo

Veja tabela da Copa do Mundo e simule os próximos jogos

O defensor entrou em campo pela primeira vez somente dois meses depois da sua contratação, pela 12ª rodada do Paulistão, na vitória por 1 a 0 contra o Novorizontino.

A intenção, na sua chegada, era que ele disputasse posição com Gil e João Victor. Mas seus primeiros momentos na equipe já foram cercados de polêmicas. Em fevereiro, uma jovem de 25 anos relatou para a justiça um suposto crime sexual envolvendo o defensor. O caso foi arquivado posteriormente.

Sua experiência na França e a baixa idade eram os grandes atrativos - desde a sua chegada. Mesmo assim, foi um dos zagueiros menos utilizados nesta temporada - com apenas doze jogos, sendo oito como titular.

Um dos jogos mais marcantes do atleta, e em um sentido negativo, foi contra o Always Ready, na fase de grupos da Copa Libertadores. A partida terminou empatada por 1 a 1, na Neo Química Arena, graças a uma falha dele no gol da equipe boliviana.

Seu contrato com o Nice vai até 2025. O jogador chegou sem custos ao clube brasileiro, que pagou 100% dos salários do atleta. Foi um desejo de Sylvinho para a posição, mas não se adaptou ao esquema de Vítor Pereira. Assim, o LANCE! confirmou e o Corinthians não deve permanecer com o jogador para 2023, se despedindo com uma passagem extremamente ‘apagada’.