Após sete anos, atacante Kieza retorna ao Náutico

Futebol Latino
LANCE!
Foto: Divulgação/Náutico
Foto: Divulgação/Náutico


Depois de verem a negociação chegar ao ponto de quase de ser descartada em dezembro de 2019, o atacante Kieza e o Náutico finalmente atenderam o desejo de ambas as partes e acertaram o retorno do jogador ao clube dos Aflitos.

Muito bem sucedido nas passagens de 2011 e entre 2012 e 2013 com artilharias no Timbu tanto pela Série B como na Série A do Brasileirão, o jogador hoje com 33 anos de idade não escondeu a imensa felicidade que sentiu ao poder falar, agora em caráter oficial, da sua volta ao Timbu.

Em palavras veiculadas no site oficial do clube, Kieza chegou a comentar também sobre a tristeza que sentiu quando o Náutico teve de mandar seus jogos na Arena Pernambuco em razão da reforma nos Aflitos e a proporcional alegria com a reinauguração da casa alvirrubra:

- Estava com muita saudade. Eu sou torcedor do Náutico declarado. Alegria imensa estar de volta aos Aflitos. Eu agradeço muito à torcida por todo o carinho que eu recebo. É algo inexplicável. Quando o Náutico saiu dos Aflitos para ir para a Arena, eu cheguei a falar que não era uma boa ideia. Fiquei muito feliz com a notícia da volta. Em 2011 e 2012 ficamos quase dois anos sem perder para ninguém lá dentro. É uma marca histórica que os times adversários vem jogar aqui e sabem que é muito difícil ganhar.

Também em palavras captadas pelo site oficial, o vice-presidente Diógenes Braga exaltou a participação de uma das patrocinadoras na negociação com o Fortaleza que permitiu a chegada de Kieza com vínculo até o fim de 2021.

- A concretização desta negociação, que não foi fácil, só se tornou possível com o apoio da Turquesa, uma parceira fundamental para o Náutico. A volta de Kieza tem a participação dessa empresa local que serve de exemplo pela presença e pela força ao que é nosso, inclusive o futebol - pontuou o dirigente.








Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também