Após ser dispensada por vídeo polêmico, jogadora de 22 anos passa a vender fotos íntimas

LANCE!
·1 minuto de leitura

O sonho de Madelene Wright de atuar profissionalmente chegou ao fim em dezembro de 2020 depois de uma grande polêmica. Um vídeo da jogadora, que bebia espumante enquanto dirigia seu carro, acabou vazando no Snapchat. Como resultado, seu então clube Charlton Athletic rescindiu seu contrato como punição. Agora, a jovem de 22 anos buscou uma nova maneira de se sustentar, totalmente diferente da que estava habituada.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

A ex-atleta resolveu criar uma página no site OnlyFans e começou a comercializar fotos nuas para assinantes. Os fãs podem obter acesso ao material íntimo da jovem com uma assinatura mensal de 33 euros, que custa cerca de R$ 215 na atual cotação.

Leia também:

Desde que começou a comercializar suas imagens de cunho íntimo, Madelene viu seu perfil no Instagram ficar ainda mais famoso, já que ela já chamava atenção na rede social. Agora, a ex-jogadora soma mais de 170 mil seguidores em sua conta.

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos