Após ser afastado do vôlei por comentários homofóbicos, Maurício Souza será homenageado pela Alesp

Maurício Souza foi afastado do vôlei (Foto: Orlando Bento/MTC)


Afastado do vôlei por praticar homofobia, Maurício Souza receberá da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alerj) um Colar de Honra ao Mérito Legislativo. A entrega do prêmio será realizada no dia 9 de maio pela deputada federal Letícia Aguiar, do Progressistas.

Maurício Souza receberá a maior honraria da Alesp. Após ser afastado do vôlei, o ex-jogador se filiou ao PL em março deste ano. De acordo com a deputada federal, Maurício foi corajoso por ter se posicionado contra a "ideologia de gênero e a sexualização das crianças".

Maurício Souza conquistou as Olímpiadas de 2016 com a Seleção Brasileira e participou dos Jogos de Tóquio no ano passado. O ex-atleta foi afastado do vôlei após publicar comentários homobóficos nas redes sociais sobre a notícia de que o novo Superman seria bissexual.

A situação causou muita repercussão na época. Maurício atuava pelo Minas Tênis Clube e foi obrigado a deixar o clube. Agora, o ex-jogador ingressou na carreira política e receberá prêmio de maior honraria oferecida para personalidades que contribuem para o desenvolvimento social, cultural e econômico no estado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos