Após saídas de Everaldo e Michel Macedo, Corinthians praticamente 'zera' elenco profissional

Alexandre Guariglia
·2 minuto de leitura


O Sport anunciou neste sábado a contratação de Everaldo e dessa forma o Corinthians praticamente "zera" a reformulação do elenco em relação a saídas de jogadores nesta temporada. Resta agora definir a situação de apenas um jogador que ainda não tem destino: Fessin, que atual pelo Bahia na temporada passada e por enquanto treina no Timão, sem fazer parte dos planos.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Paulistão-2021 clicando aqui

GALERIA
> Everaldo já foi! Veja quem deixou o Corinthians para a temporada 2021

Os últimos que definiram seus destinos foram Everaldo, agora emprestado para o Sport, e Michel Macedo, também emprestado, mas para o Juventude. Ambos deixaram o clube na última semana e não estavam nos planos da comissão técnica para esta temporada. Antes deles, Cazares havia acertado sua saída definitiva, rumo ao Fluminense, onde já estreou e já deu assistência.

Ainda, no entanto, não é possível dizer que todas as situações foram resolvidas. Claro que as principais já tiveram solução encontrada e seguiram em conformidade com a política da atual gestão do clube. Acontece que ainda há um jogador que não teve destino encontrado. Trata-se do meia Fessin, que defendeu o Bahia por empréstimo na temporada passada e retornou ao clube.

Ele não faz parte dos planos da comissão técnica e não deve ser aproveitado no elenco sub-23, sob o comando do ex-jogador Danilo. A tendência é que ele seja emprestado para outro clube e tenha seu contrato estendido por mais um ano com o Corinthians. Enquanto isso, Fessin segue treinando no CT Joaquim Grava em horários alternativos, mas chegou a ter oportunidade para trabalhar com o elenco durante a semana, o que não significa seu aproveitamento.

Aos 22 anos, Fessin tem contrato com o Timão até dezembro de 2021, mas nunca atuou pelo profissional do clube. Contratado em 2018 para a base, após se destacar pelo ABC-RN, sofreu grave lesão em 2019 e não teve mais espaço.