Após saída de Ceni, Marcelo Paz lamenta postura do Flamengo: 'Fez o mesmo que reclamou do Benfica'

LANCE!
·2 minuto de leitura


Após a demissão de Domènec Torrent, nesta segunda-feira, o Flamengo agiu rápido e concluiu a contratação de Rogério Ceni em cerca de quatro horas de negociação. Se por um lado, a velocidade no acordo permitiu a chegada e a apresentação do treinador ao Rio de Janeiro já nesta terça-feira, por outro, a postura do Flamengo não agradou ao Fortaleza, antigo clube de Ceni.

De acordo com o blog do PVC, Marcelo Paz, presidente do clube nordestino, lamentou a forma a qual a negociação foi conduzida. Segundo ele, nenhum dirigente do Flamengo entrou em contato com o Tricolor do Pici para informar a pretensão em contratar seu treinador.

– O Flamengo fez com o Fortaleza o mesmo que reclamou de o Benfica ter feito com ele no caso do Jorge Jesus. O Rodolfo Landim, o Bruno Spindel, todos têm meu telefone e bastava fazer uma ligação.

Já na tarde desta terça-feira, em entrevista ao ge CE, o mandatário afirmou que enfim recebeu uma ligação de Rodolfo Landim, presidente do Flamengo. Segundo ele, o dirigente rubro-negro pediu desculpas pela forma de contato e por ninguém ter procurado o Fortaleza. Para Marcelo Paz, o assunto já é ficou para trás.

- Aceitei as desculpas e bola para frente.

Rogério Ceni tinha vínculo com o Fortaleza até o fim do Campeonato Brasileiro, em fevereiro de 2021. Há menos de um mês, inclusive, o treinador havia declarado que pretendia cumprir o contrato até o final. Sobre o assunto, Marcelo Paz disse que entende a decisão de Ceni, mas afirma que ele errou ao dar a palavra de que permaneceria no Fortaleza e não cumprir.

- Recebi com surpresa, porque ele me deu a palavra e inclusive publicamente. Eu acreditava que íamos até o final de fevereiro, como o planejado, mas ele conversou comigo disse que era uma situação extra, que podia não aparecer mais na carreira dele, que tinha muita gratidão ao Fortaleza, e tenho gratidão à ele sim por todo o legado positivo que ele deixa no clube.