Após romper ligamentos, Wesley passa por cirurgia e agradece apoio

Wesley Moraes chegou a ser convocado por Tite no ano passado (Foto: Aston Villa/Divulgação)
Wesley Moraes chegou a ser convocado por Tite no ano passado (Foto: Aston Villa/Divulgação)


O atacante Wesley Moraes, do Aston Villa, passou por cirurgia no joelho direito após romper os ligamentos durante a vitória de 2 a 1 sobre o Burnley, na última semana, pela Premier League. Na ocasião, o brasileiro marcou um dos gols da partida. A operação foi realizada nesta quinta-feira, em Londres (ING), e considerada um sucesso.

Horas após a realização do procedimento cirúrgico, Wesley agradeceu aos médicos que o operaram, além de ressaltar o apoio recebido dos companheiros, familiares e fãs. O jogador também se mostrou otimista quanto ao processo de recuperação, que deverá levar cerca de nove meses.

- Graças a Deus, tudo ocorreu bem na cirurgia. Quero agradecer aos médicos e a todos os meus familiares, companheiros e fãs pelas mensagens positivas de apoio e de carinho que recebi nos últimos dias. Isso, com certeza, ajuda e ajudará muito na minha recuperação - disse o atacante.

- Fico triste por me lesionar e ter que passar um longo tempo sem fazer o que eu mais amo, mas eu penso que é só mais um obstáculo da vida. Enfrentei muitas adversidades para chegar até aqui e tenho certeza de que irei superar com muita dedicação. Agora é descansar nesses primeiros dias e focar na recuperação. Em breve, voltarei ainda mais forte - completou.

Wesley se lesionou após receber uma entrada duríssima do zagueiro Ben Mee no segundo tempo do duelo com o Burnley. Antes, o centroavante havia marcado o primeiro gol do triunfo por 2 a 1, fora de casa.

Maior contratação da história do Aston Villa, Wesley realizou 22 jogos pelos clube, marcou seis gols e deu uma assistência. Com cinco tentos na Premier League, o brasileiro é o vice-artilheiro da equipe no Inglês, atrás apenas de Jack Grealish, que balançou as redes seis vezes.

As boas atuações pelos Villans o levaram a ser convocado por Tite para os amistosos da Seleção Brasileira contra Argentina e Coreia do Sul, em novembro do ano passado.













Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também