Após reunião, COI estipula prazo de um mês para adiar Olimpíadas


Neste domingo, em carta publicada pelo presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, o Conselho Executivo da entidade estipulou o prazo de um mês para definir sobre o adiamento ou manutenção da data de início das Olimpíadas. A abertura dos Jogos está marcada para o dia 24 de julho, enquanto a Paralimpíada começa no dia 25 de agosto.

Diante de uma pandemia global do novo coronavírus (COVID-19), que causou mais de 13 mil mortes em todo o mundo, atletas, dirigentes e profissionais do esporte pressionam o COI para o adiamento do evento. Para eles, não há mais condições de realizar os Jogos na data prevista em virtude da falta de preparação adequada dos atletas e do risco de disseminação de contágio da doença.

- Em conjunto com todas as partes interessadas, iniciamos discussões detalhadas hoje para concluir nossa avaliação do rápido desenvolvimento da situação mundial da saúde e seu impacto nos Jogos Olímpicos, incluindo um cenário de adiamento. Estamos trabalhando muito e estamos confiantes de que teremos finalizado essas discussões nas próximas quatro semanas - disse Bach, que em seguida completou.

- As vidas humanas têm precedência sobre tudo, incluindo a realização dos Jogos. O COI quer fazer parte da solução . Portanto, tornamos nosso princípio principal proteger a saúde de todos os envolvidos e contribuir para conter o vírus. Desejo, e todos estamos trabalhando para isso, que a esperança que tantos atletas, CONs e FIs dos cinco continentes tenham expressado seja cumprida: que no final desse túnel escuro todos estamos passando juntos, sem saber por quanto tempo é, a chama olímpica será uma luz no fim deste túnel. - afirmou.






Antes da pressão, o comitê não admitia a possibilidade de adiamento dos Jogos e alegava não ter necessidade de tomar medidas drásticas no momento. Já o primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe afirmou, na última semana, que não pensa no adiamento dos Jogos.

Desde 1986, ano do início dos Olimpíadas da Era Moderna, somente três edições do Jogos não aconteceram, ambos por causa de conflitos bélicos. Em 1916, os jogos seriam realizados em Berlim, Alemanha., mas foram cancelados por causa da Primeira Guerra Mundial. Já em 1940, Tóquio receberia sua primeira Olimpíada, mas não conseguiu realizar o evento em virtude do início da Segunda Guerra Mundial. Quatro anos depois, o evento aconteceria em Londres, mas também foi cancelado.


Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também