Após rescisão com o Santos, clubes da Arábia Saudita disputam volante Jobson

Jobson rescindiu com o Santos (Foto: Ivan Storti/Santos FC)


Após confirmar a sua rescisão contratual com o Santos, o volante Jobson tem a Arábia Saudita como provável destino. Duas equipes do país disputam o atleta

+ Confira quem sai, quem fica e as movimentações do Peixe no mercado

Robson Ferreira, que é empresário do jogador, está há alguns dias em terras sauditas para alinhar os detalhes das negociações. Foi ele quem esteve à frente do processo desde a rescisão com o Santos.

+ Veja todas as movimentações do futebol brasileiro na nova ferramenta de mercado do LANCE!

Os nomes das equipes interessadas em Jobson não foram revelados, mas a informação é que a segunda proposta, feita nos últimos dias, é mais vantajosa financeiramente.

Quando foi contratado pelo Santos, em 2019, Jobson foi movido pelo desafio de vestir a camisa de um dos principais clubes do país. Na época, o atleta defendia o Red Bull Brasil e foi contratado pelo Peixe a pedido do então técnico Jorge Sampaoli. Porém, o jogador nunca conseguiu se firmar com a camisa santista, principalmente por conta de uma grave lesão no joelho sofrida no início de 2021. Em 2022, o atleta defendeu o Náutico, por empréstimo, na disputa da série B.

+ Veja tabela e simule os jogos do Paulistão 2023

Como o salário de Jobson era considerado alto para os padrões brasileiros e o jogador não estava nos planos do clube para a temporada, houve a decisão de rescindir o vínculo, que iria até abril de 2024. O desligamento foi feito em comum acordo.

Agora, com 27 anos e dois filhos, Jobson tem pensado principalmente na família para dar o próximo passo, rumo ao mundo árabe. Ainda que o salário do volante com o Santos fosse considerado alto no Brasil, a quantia oferecida pelos clubes da Arábia Saudita giram em torno de sete a dez vezes mais do que o atleta ganhava na equipe alvinegra.