Após queda do Flamengo na Libertadores, jornal argentino exalta Boca Juniors e fala em 'maldição do campeão'

·1 minuto de leitura
Foto: ANTONIO LACERDA / STR

A eliminação do Flamengo para o Racing, na última terça-feira, alegrou a imprensa argentina, e não foi só pela classificação da equipe de Avellaneda. O jornal esportivo 'Olé' destacou em sua página o feito agora consolidado do Boca Juniors: o único bicampeão nos últimos 20 anos.

Os xeneizes levaram o título em 2000 e 2001, sob o comando do técnico Carlos Bianchi. O periódico lembra que o River Plate poderia ter alcançado o feito no ano passado contra o próprio Flamengo."Gabigol, autor dos dois gols da equipe brasileira naquela noite, se tornou desde então um bom amigo xeneize", diz a matéria.

As dificuldades dos campeões nas edições seguintes da Libertadores também são alvo de outro destaque. O diário relembra que, nos último dez anos, sete campeões foram eliminados na fase de grupos ou nas oitavas de final. O "Olé" fala em "maldição do campeão".

"Apenas três campeões defensores da Libertadores chegaram em fases decisivas nos últimos dez anos: Santos e Grêmio perderam na semifinal, e o River jogou duas finais consecutivas, mas não chegou ao bicampeonato".