Após queda, Dorival quer antecipar classificação na Libertadores

Santos respondeu à expulsão, pedido de pênalti não marcado e altitude de 3.600 metros para segurar o The Strongest na Bolívia e se classificar. Técnico rasga elogios

A eliminação do Santos no Paulista veio antes do esperado pelo técnico Dorival Júnior. Mas mesmo assim, o treinador foi só elogios à atuação do Peixe, que venceu a Ponte Preta por 1 a 0 nesta segunda-feira, mas acabou eliminado nos pênaltis, nas quartas de final.

Porém, já projetando o futuro, o treinador espera ter tempo e atenção para se classificar antecipadamente para as oitavas de final da Libertadores, competição que resta ao Peixe antes do início do Brasileirão.

- Time não vai baixar a bola. Aqui já começamos recuperação da equipe. Vamos tentar antecipar nossa classificação para a Libertadores. Não temos só uma equipe. Temos um elenco preparado. Tivemos derrotas, mas longe de serem derrotas que os adversários desenvolveram. Por isso estou tranquilo. Vejo o Santos bem encaminhado. Com volume de jogo na maioria dos jogos. Durante toda a competição, Santos sempre teve a iniciativa dos jogos. Fez apresentações dentro de um padrão. Não se pode deixar de tentar jogar bem.

- O Santos voltou a fazer grande jogo. Atacamos e a Ponte se defendeu. Criamos oportunidades. Lamentamos por não termos alcançado os gols. Mas a equipe criou e jogou com intensidade. Faltaram os gols, mas houve entrega. Só tenho a enaltecer a atuação da equipe - disse o treinador.

No momento, o Santos lidera o grupo 2 com quatro pontos. O próximo desafio será na Colômbia, no dia 19, contra o Santa Fe.







E MAIS: