Após polêmica, Sevilla e Sampaoli fazem as pazes até o final da temporada

Saída do treinador foi confirmada pelo Sevilla, em comunicado, e acerto com AFA depende do pagamento da multa

Nas últimas semanas, o Sevilla viveu uma grande instabilidade por causa do técnico Jorge Sampaoli - surgiram informações de que ele vai rescindir o contrato com o time espanhol para treinar a seleção da Argentina. Mas agora clube e técnico fizeram um pacto para acalmar o ambiente.

A Goal apurou que Sampaoli se reuniu com o presidente do Sevilla, José Castro, e outros dirigentes do clube para fazer um acordo. Eles concluíram que o mais importante agora é se concentrar nas cinco partidas restantes da temporada e garantir a classificação para Liga dos Campeões, ficando pelo menos no quarto lugar atual.

Então agora as duas partes vão tratar apenas de futebol. Qualquer outro assunto será discutido apenas depois do final da temporada. O contrato entre eles é válido até 2018, mas Sampaoli tem interesse em treinar a Argentina.

Na Espanha surgiram rumores de que Sampaoli inclusive se reuniu com o presidente da AFA, Claudio Taipa, para negociar um acordo. O Sevilla chegou a divulgar um comunicado à entidade para alertar sobre as consequências dessa negociação.