Após pisão, Bruno Alves trata no CT e não deve ser problema no São Paulo

Fellipe Lucena
LANCE!
Bruno Alves fala com a imprensa após a partida contra o Avaí - FOTO: Fellipe Lucena
Bruno Alves fala com a imprensa após a partida contra o Avaí - FOTO: Fellipe Lucena


O zagueiro Bruno Alves não deve desfalcar o São Paulo na partida contra o Atlético-MG, às 16h do próximo domingo, no Morumbi. Ele levou um pisão no tornozelo direito no primeiro tempo da vitória por 1 a 0 sobre o Avaí e esteve no CT da Barra Funda para iniciar o tratamento nesta segunda, folga do elenco.

Como o quadro de dor diminuiu consideravelmente, não foi preciso fazer exames de imagem. Na saída do estádio no último domingo, o zagueiro já previa que não fosse nada muito grave.

- Eu senti muita dor, o pisão foi feio. Mas creio que não seja nada mais sério. A dor aumentou um pouco durante o primeiro tempo, mas pelas primeiras informações do doutor acho que não é nada mais sério - disse Bruno, substituído por Igor Gomes no intervalo.

- Foi pela dor (a substituição), eu já não estava mais 100%, e também pelo cartão amarelo que eu levei. A gente estava jogando em casa, precisando atacar. Era perigoso precisar matar a jogada em um contra-ataque e ser expulso. O Fernando foi feliz na substituição.

Brenner, do Avaí, foi expulso após o lance com Bruno Alves ser analisado no VAR. O atacante saiu do Morumbi discordando do cartão vermelho, mas Bruno Alves diz que foi justo.



Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

- Na minha concepção foi justa. Eu tinha desarmado e ele pisou. Olhando o lance depois, foi muito forte, poderia pegar meu joelho junto também. Acredito que o juiz acertou na expulsão e não foi nada mais sério.


Leia também