Após perder o terceiro pênalti pelo Vasco, Pedro Raul é apontado como o vilão da eliminação na Copa do Brasil

Pedro Raul é o artilheiro do Vasco na temporada, mas vive momento de pressão (Daniel Ramalho/ Vasco)


A eliminação do Vasco para o ABC, na segunda fase da Copa do Brasil, caiu sobre o atacante Pedro Raul. O camisa 9 teve a bola da classificação, mas isolou a cobrança. Depois, já nas alternadas, Orellano também chutou por cima e, na sequência, Wellington Reis marcou e classificou o time potiguar.

Após o gol que decretou a eliminação do Vasco, a torcida vascaíno passou a xingar Pedro Raul, que deixou o campo de cabeça baixa e acompanhado pelos companheiros de equipe. O atacante perdeu o seu terceiro pênalti consecutivo pelo Cruz-Maltino. Antes de chegar ao clube, havia perdido apenas um e convertido nove cobranças.

+ Vasco joga mal, empata com o ABC e é eliminado da Copa do Brasil nos pênaltis

O primeiro foi contra o Volta Redonda, partida que o Vasco perdeu por 2 a 1. O segundo foi na vitória sobre o Flamengo, por 1 a 0. Pedro Raul teve a chance de ampliar, mas teve a cobrança defendida por Santos. Dessa vez chutou para fora, o que causou indiretamente a eliminação do Vasco, que deixou de ganhar R$ 2,1 milhões, premiação que será dada aos clubes classificados para a terceira fase.