Após perder Eliminatórias da Copa por falta de pagamento, TV Abrahão será processada

LANCE!
·1 minuto de leitura


Após perder os direitos de transmissão das Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo 2022 por falta de pagamento, no Catar, a TV Abrahão será processada pelo "calote". A Midiapro, que negocia o pacote, irá acionar judicialmente os executivos da emissora por não terem honrado o acordo, que previa o pagamento de R$ 60 milhões por 56 partidas da competição. A informação é do site "TV Pop".


>> Veja a tabela das Eliminatórias Sul-Americanas


A companhia já busca outras emissoras para fechar parceria. A Globo, que já transmite jogos da Seleção realizados no território nacional, volta ao páreo para adquirir o pacote.

O acordo que a TV Abrahão firmou com a Midiapro incluía seis jogos da Seleção Brasileira. Para arcar com o valor exigido, a rede de televisão pretendia firmar parceira com emissoras mais conhecidas e com melhores condições financeiras. Ela chegou a fechar um acordo com a Band para transmissão de jogos do Brasil em TV aberta.


Recentemente, TV WA afirmou que tem o dinheiro para pagar, mas as incertezas da pandemia fazem com que a empresa seja mais cautelosa.

- Impossível pagar algo que não tem data definida por conta da pandemia, o que para nós é uma tristeza, já estamos passando isso com o Catarinense, mas entendemos que o respeito a vida vem antes de interesses comerciais pessoais A TV WA continua interessada, tem os patrocinadores para tal, mas por respeito ao dinheiro dos patrocinadores, só serão despendidos quaisquer valores na certeza que nenhum patrocinador será lesado - disse Walter Abrahão Filho, dono da televisão, ao "Uol".