Após onda de casos de Covid, médico-chefe da CBF alerta: 'Alguns passos atrás serão dados'

·2 min de leitura


Após explosão de casos pela variante Ômicron, a CBF decidiu recuar e endurecer seus protocolos com medidas de prevenção a Covid em seus jogos.

A presença de público nos estádios será analisada conforme posições de autoridades públicas, entretanto, a isenção de testes para vacinados e com alguns níveis de anticorpos, no caso de jogadores e funcionários das equipes, deve cair.

As celebrações e fim de ano são apontadas como a possível causa de uma onda de aumento de casos de Covid em cidades como a do Rio de Janeiro e São Paulo, segundo mostram dados com o aumento de testes com resultados positivos. Devido a falta de informações do Ministério da Saúde, ainda há uma dificuldade para traçar um quadro geral da intensificação da pandemia.

A ocasião fez com que a CBF analisasse os protocolos para as competições no país em 2022. O médico-chefe da entidade, Jorge Pagura, que já havia vetado a realização da Copa América de Futsal no país, reconheceu em entrevista ao 'Uol Esportes' que é hora de recuar.

- Ainda estamos analisando o impacto atual e nas próximas semanas! Alguns passos atrás serão dados principalmente no que tange a isenção de testagem para vacinados plenos e os que apresentam alto níveis de anticorpos! isso em termos de jogadores e CT e parte funcional! - disse Jorge Pagura.

- A observação dos índices nas próximas semanas juntamente com decisões das autoridades sanitárias locais nortearão o seguimento e normas específicas para a presença de público! Estamos diariamente avaliando cenários não só no Brasil como no Exterior onde as competições ainda ocorrem com público!

No Brasil, durante a reta final da Copa do Brasil e do Campeonato Brasileiro, alguns estádios já estavam funcionando em sua capacidade total. Mas nas últimas semanas, a prefeitura do Rio de Janeiro, cancelou o Carnaval de rua e manteve o evento na Sapucaí.

O médico-chefe da CBF ressaltou que a variante Ômicron apresenta características distintas das anteriores.

- A Ômicron se comporta muito diferentemente das cepas anteriores! Rápida propagação e pouca morbidade! Nossa proposição será sem dúvida priorizando a ciência! - disse Pagura.

No retorno do recesso de fim de ano, a CBF também realizou uma varredura entre funcionários e contatou diversos infectados, que foram afastados do trabalho presencial. Além disso, também foram suspensas as reuniões presenciais.

Parte dos funcionários da entidade já retornou aos trabalhos presenciais na sede.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos