Após 'não' da diretoria, técnico do Guarani explica ausência de reforços

Barbieri diz que indicou inúmeros nomes, mas, 'por diferentes razões', clube optou por manter o mesmo elenco. Time volta a campo neste domingo, contra o Votuporanguense

O Guarani não consegue sair do meio da tabela da Série A2 do Campeonato Paulista. Visando a classificação para as próximas fases, o técnico Maurício Barbieri tratou de entregar uma lista de reforços à diretoria bugrina, que optou por não atender ao desejo do treinador.

Apesar da negativa, Barbieri segue preparando sua equipe para enfrentar o Votuporanguense, neste domingo, às 10h (de Brasília), no Estádio Plínio Marin, no noroeste do estado de São Paulo. Segundo ele, sem os reforços, cabe ao Guarani seguir trabalhando forte para voltar a vencer no Estadual.

– Tenho confiança no elenco que aqui está. Se eu não tivesse, não estaria aqui. Conversamos com a diretoria, foram levados nomes, mas a direção, por diferentes razões e motivos, entendeu que era a melhor decisão (não contratar). Ao Maurício, cabe trabalhar, ajustar e buscar os resultados – disse.

O Bugre fechou a lista dos relacionados para a disputa da Série A2 com os meio-campistas Chiclete e Mutton, além do atacante Anderson, todos jovens e que já treinavam com o elenco profissional. Desta forma, a equipe alviverde terá, no total, 27 jogadores aptos para a participar da competição. Muito deles, no entanto, seguem com os salários atrasados, conforme explicou o treinador.

– Eu tenho conversado com os jogadores para entender a situação. A direção tem se posicionado em relação ao cumprimento do prazo. Os jogadores não têm demonstrado insatisfação, nem falta de compromisso. Pelo contrário. A dedicação é grande, e estou aguardando o desfecho positivo. Até onde eu sei, parte do prometido, foi cumprido. Estamos esperando o restante – concluiu Barbieri.

Antes de enfrentar o Votuporanguense, em jogo válido pela décima rodada da Série A2, o Guarani ocupa a nona colocação, com 12 pontos, sendo apenas quatro sua diferença para o Penapolense, que abre a zona de classificação à semifinal da competição. A vantagem em relação ao Juventus, primeira equipe da zona de rebaixamento, por outro lado, é de somente dois pontos.









E MAIS: