Após meses se recuperando de lesão, Geromel retorna para a Sul-Americana e encontra um 'novo Grêmio' – entenda

Antonio Mota
·2 minuto de leitura

O Grêmio ganhou um reforço importante para a partida frente ao Lanús, no La Fortaleza, na noite desta quinta-feira (29), pela 2ª rodada do Grupo H da Conmebol Sul-Americana. Recuperado de uma lesão, que o afastou dos gramados por cerca de três meses, Geromel tem o caminho livre para estrear na temporada e deve ser titular na Argentina.

Pronto para entrar em campo, o zagueiro de 35 anos, que vive o seu sétimo ano na Arena, vai encontrar um cenário diferente ao que se acostumou nas últimas temporadas. Sem Renato Portaluppi, que deixou o Imortal, e com Tiago Nunes, que assumiu o posto. E também com a Sul-Americana no lugar da Libertadores, torneio que disputou nos últimos anos.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Além desses fatores, Geromel também vai atuar ao lado de um novo parceiro. Sem Kannemann, que segue fora de combate e nem viajou para a Argentina, o promissor Ruan vai formar a dupla de zaga com o veterano.

Geromel e lesões

Geromel rompeu os ligamentos do tornozelo esquerdo no final do mês de janeiro, na derrota do Grêmio para o Internacional, no Campeonato Brasileiro. À época, o clube informou que o prazo para a recuperação do atleta era de 6 a 8 semanas, o que não se confirmou. O zagueiro volta aos gramados após 13 semanas e cinco dias.

Vale notar que, antes da lesão no Gre-Nal, o defensor havia se machucado na partida de ida das semifinais da Copa do Brasil contra o São Paulo, na Arena, no dia 23 de dezembro do ano passado. Com essas lesões em sequência, Geromel disputou apenas duas partidas nos últimos quatro meses.

Vale notar que, antes da lesão no Gre-Nal, o defensor havia se machucado na partida de ida das semifinais da Copa do Brasil contra o São Paulo, na Arena, no dia 23 de dezembro do ano passado. Com essas lesões em sequência, Geromel disputou apenas duas partidas nos últimos quatro meses.

As informações acima são do ge.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique aqui.