Após jogo sem garotos titulares, trio pode ter nova chance no Palmeiras


Dos 13 jogos que o Palmeiras disputou em 2020, apenas em dois Vanderlei Luxemburgo não escalou nenhum dos garotos recém-promovidos da base. A vitória sobre o Guaraní (PAR) foi um deles, mas o trio Patrick de Paula, Gabriel Menino e Gabriel Veron convive com a expectativa de jogar no fim de semana.

Desde a vitória de terça-feira, os titulares fizeram atividades regenerativas ou físicas. O clube havia planejado viajar à Bolívia na noite de sábado, após o jogo contra a Inter de Limeira, pelo Campeonato Paulista. A próxima rodada da Libertadores, porém, foi suspensa por conta do Coronavírus e o duelo com o Bolívar não acontecerá na quarta.

Vanderlei Luxemburgo, portanto, definirá a escalação para o Estadual em uma atividade na manhã desta sexta-feira. Gustavo Gómez está suspenso e é o único desfalque certo. Ramires saiu no segundo tempo da vitória sobre os paraguaios com dores, mas está trabalhando com o restante do elenco. Patrick disputa vaga com ele.

- O Palmeiras é o clube que está colocando mais garoto da base neste ano. Estou muito feliz por fazer parte desse grupo. É trabalhar bastante para se destacar, buscar nosso espaço e aparecer para o professor - avisou o camisa 5.

- A gente esperou essa oportunidade, tem dois anos que a gente vem ganhando tudo na base. Fomos ganhando espaço na base para chegar aqui - acrescentou Gabriel Menino, que, nas últimas vezes em que atuou, teve de ser improvisado na lateral direita.

Patrick, Menino e Veron são os três da base que mais receberam minutos nesta temporada - Wesley até jogou no Paulista, enquanto Alan só disputou a Florida Cup e Esteves nem nos Estados Unidos jogou.

Caso Luxemburgo decida mesclar novamente a escalação, como aconteceu contra a Ferroviária, estes são os três garotos com mais chances de conseguir entrar nos 11 iniciais.

- A gente encara todo treino como se fosse o último. A gente tem de dar o melhor a cada dia para o professor olhar e contar com a gente - resumiu Veron.

VEJA AS ESCALAÇÕES DO PALMEIRAS NO ANO
1 - Palmeiras 0 (10) x (9) 0 Atlético Nacional (COL): Weverton, Marcos Rocha, Felipe Melo, Gustavo Gómez e Diogo Barbosa; Patrick de Paula, Bruno Henrique, Lucas Lima, Raphael Veiga e Dudu; Luiz Adriano

2 - New York City (EUA) 1 x 2 Palmeiras: Weverton, Marcos Rocha, Felipe Melo, Gustavo Gómez e Victor Luis; Gabriel Menino, Bruno Henrique, Lucas Lima, Raphael Veiga e Dudu; Luiz Adriano

3 - Ituano 0 x 4 Palmeiras:
Weverton, Marcos Rocha, Felipe Melo, Gustavo Gómez e Victor Luis; Gabriel Menino, Ramires, Lucas Lima, Raphael Veiga e Dudu; Luiz Adriano

4 - Palmeiras 0 x 0 São Paulo: Weverton, Marcos Rocha, Felipe Melo, Gustavo Gómez e Victor Luis; Gabriel Menino, Ramires, Lucas Lima, Dudu e Gabriel Veron; Luiz Adriano

5 - Palmeiras 4 x 0 Oeste: Weverton, Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Victor Luis; Ramires, Zé Rafael, Lucas Lima, Gustavo Scarpa e Gabriel Veron; Willian

6 - Red Bull Bragantino 2 x 1 Palmeiras: Weverton, Marcos Rocha, Felipe Melo, Gustavo Gómez e Victor Luis; Gabriel Menino, Ramires, Lucas Lima, Dudu e Wesley; Luiz Adriano

7 - Ponte Preta 0 x 1 Palmeiras: Weverton, Marcos Rocha, Felipe Melo, Gustavo Gómez e Victor Luis; Ramires, Zé Rafael, Lucas Lima, Dudu e Willian; Luiz Adriano

8 - Palmeiras 3 x 1 Mirassol: Weverton, Mayke, Felipe Melo, Gustavo Gómez e Viña; Patrick de Paula, Zé Rafael, Lucas Lima, Gabriel Veron e Willian; Luiz Adriano

9 - Palmeiras 1 x 0 Guarani: Weverton, Gabriel Menino, Felipe Melo, Gustavo Gómez e Viña; Bruno Henrique, Zé Rafael, Raphael Veiga, Dudu e Willian; Luiz Adriano

10 - Santos 0 x 0 Palmeiras: Weverton, Gabriel Menino, Felipe Melo, Gustavo Gómez e Viña; Bruno Henrique, Zé Rafael, Raphael Veiga, Dudu e Willian; Luiz Adriano

11 - Tigre (ARG) 0 x 2 Palmeiras: Weverton, Gabriel Menino, Felipe Melo, Gustavo Gómez e Viña; Bruno Henrique, Ramires, Dudu, Rony e Willian; Luiz Adriano

​12 - Palmeiras 1 x 1 Ferroviária: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Diogo Barbosa; Patrick de Paula e Zé Rafael; Gustavo Scarpa, Lucas Lima e Rony; Luan Silva

13 - Palmeiras 3 x 1 Guaraní (PAR): Weverton, Marcos Rocha, Felipe Melo, Gustavo Gómez e Viña; Bruno Henrique, Ramires, Dudu, Rony e Willian; Luiz Adriano








































Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também