Após investigação, FIA decide sobre punição de piloto que fez saudação nazista no pódio

Piloto russo fez gesto nazista ao subir no pódio no início do último mês (Reprodução)


Há pouco mais de um mês, um piloto russo fez um gesto nazista ao comemorar vitória em uma etapa do Campeonato da Europa de Kart. De acordo com o portal 'UOL', a investigação sobre o caso se encerrou neste sábado, e a FIA decidiu desclassificar Artem Severiukhin da competição.

+ Ao L!, Téo José comenta Libertadores fora do SBT: 'Nunca uma emissora fez o que a gente fez'

O piloto de 15 anos venceu a etapa de Portugal e ao subir para receber a premiação, estendeu o braço na horizontal em alusão ao gesto criado pelo fascista Benito Mussolini e popularizado por Adolf Hitler. O jovem chegou a se desculpar publicamente, mas não evitou punição da FIA.

+ Scooby, DG e PA curtem balada juntos e surfista se declara para os amigos

- Depois de ouvir o participante e o motorista e verificar as evidências em vídeo, e mesmo que o motorista tenha expressado seu profundo arrependimento por seu gesto inadequado durante a cerimônia do pódio, os comissários consideram esse tipo de comportamento inaceitável e fortemente repreensível e contra todas as normas regulamentadoras do automobilismo - trouxe o documento da FIA.

+ Amazon contrata ex-Globo: veja as movimentações da imprensa esportiva em 2022

- Isso constitui uma violação dos Artigos 12.2.1: c), d), e), f) e m) do Código Desportivo Internacional da FIA de 2022 e do Compromisso de Pilotos assinado pelo piloto - concluiu a nota da entidade.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos