Após goleada do PSG na Champions League, Neymar manda recado para Kaká. Confira a repercussão!

O Paris Saint-Germain não tomou conhecimento do Celtic, nesta quarta-feira (22), em partida válida pela quinta rodada da fase de grupos da Champions League. Mesmo já tendo garantido a classificação, fez 7 a 1 na equipe escocesa. Abaixo, confira o que disseram os jogadores após o confronto!

NEYMAR: TÍTULOS PRIMEIRO, PRÊMIOS INDIVIDUAIS DEPOIS

Neymar PSG Celtic Champions League 22112017
(Foto: Getty Images)

Principal nome da goleada, com dois gols e uma assistência, Neymar explicou o alívio que sentiu após falar sobre como se sente em relação ao excesso de histórias que criam, principalmente na França, sobre a sua vida pessoal: “A única coisa que mudou é que a galera parou de inventar história (risos). Foi um desabafo meu. Precisava me posicionar. Têm coisas que inventam e a gente deixa passar, fingimos que não vimos, mas quando as coisas são extrapoladas tem que falar", afirmou para o Esporte Interativo.

Sobre o jogo em si - que também teve gols de Dani Alves, Cavani, Mbappé e Verratti - , o camisa 10 elogiou o desempenho ofensivo e comemorou ter alcançado a marca de 27 tentos de Rivaldo no certame europeu, mas ´já pensa em ultrapassar os 30 anotados pelo recordista Kaká e, em tom bem-humorado, enviou recado para o amigo.

“Amigo, espero que te passe!”, afirmou. “Me inspira, Claro que sim. Tenho com objetivo. Mas o objetivo principal é conquistar títulos com minha equipe... individual a gente vê se vem”, disse.

THIAGO SILVA: SEM MEDO DE CRISTIANO RONALDO

Thiago Silva Moussa Dembele PSG Celtic Champions League 22112017
(Foto: Getty Images)

O zagueiro Thiago Silva fez um alerta em relação ao ‘gol-relâmpago’ sofrido, algo que em sua avaliação precisa melhorar antes das oitavas de final.

“Acho que a gente está a cada dia melhorando. Hoje o começo do jogo foi indesejável pra nossa equipe. Sair perdendo com um minuto.. é isso que precisamos melhorar”, disse ao microfone do Esporte Interativo. “Hoje o principal foi ter o mental forte, reverter e mesmo no 1º tempo acabar com 4 a 1”.

Thiago também exaltou Neymar, autor de dois gols. Entretanto, as palavras foram por causa do desabafo feito pelo camisa 10, quando ainda estava na Seleção, a respeito de uma perseguição da imprensa francesa em relação à sua vida pessoal.

“O Neymar dispensa comentários. Ele tirou um peso grande das costas ao dar aquela entrevista (...) Se ele ficasse se escondendo de dar entrevista, a mentira acaba virando verdade. Então ele desmentiu tudo isso”.

Para finalizar, o defensor não quis falar se pensa em um eventual confronto contra o Real Madrid nas oitavas de final, e não viu problemas ao saber que Cristiano Ronaldo disse não ter medo do PSG: “Independente se vamos pegar o Real ou não, devemos seguir no nosso objetivo, que é terminar em primeiro no grupo”, explicou. “Acho que não é legal ter medo, o respeito é o que diz tudo”.

UNAI EMERY DESTACA NEYMAR: “EXTRAORDINÁRIO”

Unai Emery PSG UEFA Champions League
(Foto: Getty Images)

“Estamos felizes, mas precisamos ter a humildade de reconhecer que podemos melhorar os detalhes. Vamos analisar o encontro, para ver onde podemos melhorar para o próximo jogo”, afirmou o treinador Unai Emery, que não deixou de elogiar seus comandados.

“O time fez uma partida completa”, disse, antes de voltar o foco para a última rodada, que vai definir o líder do Grupo B em um jogaço contra o Bayern de Munique: “O objetivo é ser o primeiro no grupo, e isso ainda não é definitivo. Precisamos jogar contra o Bayern e temos essa vantagem de 3 a 0 [em relação ao saldo de gols]. Será um grande jogo, com muitas dificuldades”.

É claro que Unai Emery não poupou elogios a Neymar, principal nome do jogo: “É extraordinário. Queremos que ele esteja em campo, e ele também. Está feliz no gramado, está feliz e ajuda os outros jogadores”, finalizou.