Após fraco início de temporada, Jesse Marsch deixa cargo de treinador do RB Leipzig

·1 min de leitura

(Reuters) - O RB Leipzig, vice-campeão alemão na temporada passada, entrou em comum acordo com o técnico Jesse Marsch para encerrar a passagem dele pelo clube após péssimo início de temporada, disse o time alemão neste domingo.

O Leipzig sofreu uma derrota por 2 x 1 para o Union Berlin na sexta-feira, e a terceira derrota consecutiva na liga fez o clube cair para o 11º lugar, botando pressão sobre o norte-americano Marsch, que não participou do jogo devido à quarentena de Covid-19.

Marsch, que assumiu nesta temporada para substituir Julian Nagelsmann, viu sua equipe vencer apenas cinco dos 14 jogos no campeonato nesta temporada.

"O RB Leipzig e o técnico Jesse Marsch entraram em comum acordo pela rescisão do contrato. A decisão é o resultado de uma análise aprofundada e intensas discussões após a partida contra o Union Berlin pela Bundesliga", disse o clube em comunicado.

O treinador auxiliar Achim Beierlorzer vai assumir o comando no jogo em casa com o Manchester City pela Liga dos Campeões da Europa, competição da qual o Leipzig já está eliminado.

Ex-atleta da seleção dos EUA, Marsch foi o primeiro norte-americano a treinar uma equipe na Liga dos Campeões.

(Por Shrivathsa Sridhar)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos