Dudu diz: "Nunca deixei de lutar por essa camisa"

Thiago Ferri
LANCE!
Dudu comemora o gol da vitória sobre o Bahia, nessa quinta-feira, no Pacaembu (Foto: Cesar Greco)

Após fim de jejum, Dudu diz: 'Nunca deixei de lutar por essa camisa'

Dudu comemora o gol da vitória sobre o Bahia, nessa quinta-feira, no Pacaembu (Foto: Cesar Greco)

Autor do gol que classificou o Palmeiras à semifinal da Copa do Brasil, Dudu encerrou um jejum de dois meses sem marcar. A última vez que o atacante havia balançado as redes de algum adversário tinha sido no empate com o Ceará, em 2 a 2, dia 10 de junho.

Você já viu o novo app do Yahoo Esportes? Baixe agora!

​Dono de 204 jogos pelo Verdão e 49 gols, o camisa 7 não vivia o melhor momento com a torcida, especialmente depois da negociação frustrada com o Shandong Luneng (CHN). Internamente, o grupo fez questão de dar apoio a Dudu, inclusive Felipão, que chegou recentemente, mas já havia trabalhado com o jogador no Grêmio, em 2014.

- O Felipão me ajudou bastante quando chegou no Grêmio. Se estou hoje no Palmeiras bem é graças a ele e ao Enderson (Moreira, técnico do Bahia), que apostou em mim no Goiás. Hoje tenho o privilégio de voltar a trabalhar com ele. Felipão é um cara vencedor. Por onde passa, ganha - disse o atacante.

Em baixa depois da novela com o clube chinês, Dudu já vinha tendo boas atuações com a nova comissão técnica, inclusive entregando-se na marcação. Agora, fez o gol e avisou que a torcida pode esperar o mesmo espírito que os conquistou quando foi campeão da Copa do Brasil e Brasileiro.

- Eu nunca deixei de lutar por essa camisa. Os torcedores sabem disso. Às vezes as coisas não vão bem, tem de ter paciência para fazer o melhor sempre. Todo mundo sabe o quanto eu batalho, treino e me dedico pelo clube. Às vezes as coisas saem um pouco do trilho, mas nunca deixei de honrar e batalhar por essa camisa desde o primeiro dia que vesti ela. Vai ser assim até o último dia. Vontade nunca vai faltar em mim - avisou.

Leia mais:
Real vai denunciar Inter de Milão por caso Modric
Nunca deixei de lutar por essa camisa, diz Dudu
WTorre entra briga pelo Pacaembu

Moisés é companheiro de Dudu em concentrações fora da Academia de Futebol e não escondeu a alegria pelo gol do amigo.

- A gente sabe a importância do Dudu. Se fosse para escolher um jogador para fazer o gol, ele precisava. É um cara que se dedica, luta, que permaneceu com a gente e continuou trabalhando, sem abaixar a cabeça. Se a gente tivesse a certeza (antes do jogo) que seria 1 a 0 com gol do Dudu seria ótimo, mas a gente tem de caprichar mais. Se numa bobeada ou um lance feliz eles (Bahia) fazem o gol, sabemos a dificuldade que seria - avisou o camisa 10.

Leia também