Após falso positivo para Covid, lateral pode estrear no profissional do Santos

LANCE!/DIÁRIO DO PEIXE
·1 minuto de leitura


O garoto Mikael Doquinha pode ter sua primeira chance na equipe profissional do Santos no clássico deste domingo, contra o Corinthians, às 20 horas, na Vila Belmiro. O jogador seria titular na partida do último domingom, diante da Internacional de Limeira, mas horas antes do jogo testou positivo para Covid em exame de PCR.

O jogador, então, foi afastado do grupo, mas fez dois testes de antígeno no início da semana e ambos deram negativo. Com isso, o jogador se reapresentou no CT Rei Pelé na manhã de quarta-feira (21) e voltou a ser opção para o técnico Ariel Holan.

Mikael, de 21 anos, está no Santos desde o Sub-10, foi titular na Copa São Paulo de Juniores de 2019, chegou a ser relacionados em algumas partidas e aguardava a primeira oportunidade no time profissional. Ele tem contrato com o Santos até o final de setembro deste ano. O lateral teve proposta pelo Figueirense a pedido de Elano, quando o ídolo do Peixe comandava a equipe catarinense.

O técnico Ariel Holan não relacionou Pará para a partida deste domingo. Madson, que seria o substituto natural, não está inscrito na competição. Sandro disputa a vaga com Mikael.