Após empate sem gols, Jardine questiona expulsão de Douglas e elogia equipe: 'Merecia a vitória'

·2 minuto de leitura


Na manhã deste domingo, noite no Japão, o Brasil bem que tentou, mas não conseguiu sair do empate sem gols com a Costa do Marfim, em jogo válido pela segunda rodada do Grupo D do futebol masculino dos Jogos Olímpicos de Tóquio.

O duelo no Estádio Internacional de Yokohama ficou marcado pela expulsão de Douglas Luiz, logo aos 15 minutos de jogo, e que ditou a tônica da partida até o terço final do segundo tempo, quando Costa do Marfim também teve um jogador expulso.

O técnico da Seleção Masculina, André Jardine, falou sobre a partida e questionou a expulsão do seu volante titular, que não jogará contra a Arábia Saudita, na próxima quarta-feira.

+ VEJA COMO FOI A PRIMEIRA MEDALHA DO BRASIL EM TÓQUIO

- O nosso entendimento é de não compreensão da expulsão. Acabou interferindo muito na equipe, foi muito cedo, ainda mais enfrentando um time forte fisicamente, a exigência foi muito alta. A gente fica sem entender, ainda mais com intervenção usando o VAR, e chegar numa expulsão como essa. Mas temos que valorizar também a demonstração que a equipe teve de espírito de grupo, todos se doando demais para defender. A gente acabou não recompondo com um volante, apostando na capacidade de Antony, Claudinho, Cunha e Richarlison de fecharem espaço e defender o centro do campo junto do Bruno Guimarães - disse Jardine em entrevista coletiva pós-jogo.

+ VEJA O QUADRO DE MEDALHAS DOS JOGOS OLÍMPICOS DE TÓQUIO

Jardine também falou sobre a postura da Seleção Brasileira, que teve boas chances de sair com a vitória em Yokohama, mesmo com um jogador a menos por boa parte do duelo.

- A gente merecia a vitória mesmo antes da expulsão e mais ainda após a expulsão deles. Tivemos algumas situações para definir o jogo. Fica um sentimento positivo para o resto da competição - destacou.

O treinador completou seu raciocínio ao dizer que apesar do resultado abaixo do esperado, as circunstâncias do empate sem gols fazem o time crescer e se fortalecer para a competição.

- No fim das contas, é um jogo que vai fazer o nosso time crescer como equipe, pelo espírito, por termos superado juntos uma situação adversa. Mostraram comprometimento com a camisa da seleção, com o projeto, foi uma demonstração de raça e inteligência para suportar um adversário de força e qualidade.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos