Após empate no Choque-Rei, Diniz diz que time do São Paulo evoluiu

(Foto: Eduardo Carmim/Photo Premium)
(Foto: Eduardo Carmim/Photo Premium)


O técnico Fernando Diniz tem gostado do que viu do time do São Paulo neste começo de 2020. Após o empate em 0 a 0 com o Palmeiras, neste domingo, na Fonte Luminosa, pela segunda rodada do Campeonato Paulista, o treinador falou em "evolução" do time Tricolor, ainda ressaltando que a equipe tem mais a crescer.

> Confira a classificação do Campeonato Paulista

- Não sei o patamar em que o time está, mas sei que evoluiu e está melhor do que estava quando cheguei. Você vai jogando e ganhando mais bagagem, o melhor treino é o jogo. Você vê o que deixou de fazer e depois corrige no vídeo, no campo - disse Fernando Diniz, em entrevista coletiva depois da partida em Araraquara, antes de completar:

- São poucos dias de pré-temporada. São 15 dias, mas de treinamento mesmo são oito dias. A equipe evoluiu um pouco. Mas não tem mágica. Vai melhorar pouco a pouco.




Sobre a partida contra o Palmeiras, o treinador disse que sua equipe teve a melhor chance do jogo, mas considerou justo o empate com o Verdão.

- O placar foi justo, demonstrou mais ou menos o que aconteceu. A gente começou melhor. O Palmeiras, na primeira chance, foi mais agudo. A gente jogou a maior parte com a posse, teve chance com Daniel, mas o Palmeiras conseguiu chegar com mais perigo em lances esporádicos.

Diniz também considerou que as condições do jogo, tanto do calor em Araraquara como o gramado da Fonte Luminosa, atrapalharam o desenvolvimento do jogo do São Paulo.

- Estava um calor excessivo e o campo não tinha as condições ideais. Isso prejudica nosso time, que precisava construir, acelerar o passe. Não é desculpa, não foi só isso, mas foram dois fatores que prejudicaram - concluiu o treinador.





Com o ponto conquistado neste domingo, o São Paulo chegou a 4 e lidera o Grupo C do Campeonato Paulista. Na próxima quarta-feira, às 21h30, o Tricolor volta a jogar na Fonte Luminosa. Dessa vez, contra a Ferroviária.


Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também