Após eliminar o Santos com a Ponte, Pottker dispara: “O que diferencia é só a camisa”

Foi com emoção, nos pênaltis após derrota por 1 a 0 no tempo regulamentar, mas a Ponte Preta eliminou o Santos e se garantiu nas semifinais do Campeonato Paulista. Assim que William Pottker converteu a última cobrança, a emoção tomou conta dos atletas pontepretanos.

“Garra! Pensamento positivo, a força está na nossa cabeça! O que diferencia é só a camisa, a força está na cabeça”, disse para o SporTV o atacante William Pottker, que após a disputa do estadual vai se apresentar no Internacional.

Outro herói nas penalidades foi o goleiro Aranha, que teve passagem pelo Santos e conhecia os jogadores adversários. Mas além disso, fez diferenças as instruções que o arqueiro recebeu antes e durante as cobranças.

“Todo mundo colaborou da maneira que pôde. O pessoal me passou todas as cobranças de pênaltis, e até na hora das cobranças, lá atrás, eu estava tendo ajuda e isso acaba influenciando”.

Do outro lado, Lucas Lima lamentou a eliminação e garantiu que não há razões para ‘perseguição’ dentro do clube.

Lucas Lima Santos Palmeiras Paulista 19032017

(Foto: Ivan Storti/Santos FC/Divulgação)

“Conseguimos buscar o resultado. Infelizmente não fizemos um primeiro jogo bom, mas buscamos. É duro, depois do jogo que fizemos, perder nos pênaltis assim. Machuca um pouco. Mas eu creio que esse grupo ainda tem muito a conquistar no ano todo”.

“É ver aonde estamos errando, para não errar mais, e continuar trabalhando. Tem uma Libertadores aí, [Campeonato] Brasileiro... é como eu falei, não pode achar que está tudo errado, mas temos que melhorar cada vez mais”.