Após eliminação, Vasco desembarca em silêncio e com tranquilidade

Hugo Mirandela
Nenhum jogador quis falar com a imprensa no aeroporto na tarde desta sexta-feira. Apesar da segurança reforçada, torcedores não apareceram para protestar por conta da má fase

Após a eliminação da Copa do Brasil ao perder para o Vitória por 1 a 0 em Salvador, a delegação do Vasco desembarcou no início da tarde desta sexta-feira no Rio de Janeiro. No entanto, todos passaram rápido e ninguém quis falar com a imprensa que estava a espera no aeroporto internacional Tom Jobim.

O Cruz-Maltino reforçou a segurança, mas nem foi preciso. Os jogadores e comissão técnica passaram por um cordão de isolamento. Além disso, duas viaturas da Polícia Militar foram fazer escolta. Porém, nenhum torcedor apareceu para protestar contra a má fase da equipe e o desembarque aconteceu com tranquilidade. A delegação ainda saiu pelo desembarque internacional.

Os jogadores já treinam nesta tarde visando o clássico contra o Botafogo. A atividade será fechada para a imprensa. A tendência é que os titulares contra o time baiano façam apenas um trabalho regenerativo e quem atuou menos de 45 minutos vá para o campo.

Por conta dos maus resultados, o técnico Cristovão Borges sofre grande pressão no cargo. O Vasco volta a entrar em campo neste domingo, às 18h30, no estádio Nilton Santos, pela Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca.






E MAIS: