Após dois jogos 'tranquilos', Alisson é testado e garante segurança no gol da Seleção


A Seleção Brasileira goleou a Coreia do Sul por 4 a 1 sem dar muitas chances para o adversário, mas isso não impediu que Alisson fosse um dos grandes nomes da vitória do Brasil na última segunda-feira. O goleiro, que ainda não havia sido ameaçado na Copa do Mundo, precisou mostrar que está com os reflexos em dia nesta busca pelo hexa.

> Brasil x Croácia: veja data e horário do jogo das quartas de final da Copa do Mundo

Nos primeiros dois jogos que fez na Copa, diante da Sérvia e da Suíça, Alisson praticamente não precisou sujar seu uniforme. Foram nove chutes dos adversários ao todos, mas nenhum foi em direção ao gol do brasileiro, de acordo com os dados da Fifa.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Depois, diante de Camarões, Tite poupou o time inteiro e foi Ederson quem precisou ser testado (passando no teste) e acabou levando o primeiro gol do Brasil no Qatar. Ficou a cargo de Alisson mostrar serviço no mata-mata, em jogo que não poderia haver falha.

> Veja a tabela e o simulador da Copa do Mundo-2022 clicando aqui

E não teve, pois Alisson fez pelo menos quatro defesas difíceis ao longo da partida, que garantiram a segurança defensiva em momentos de desatenção da zaga. A primeira foi em um chute de longe de Hee-chan Hwang, em que o arqueiro precisou ir buscar no ângulo e colocar para escanteio. A partida ainda estava 2 a 0 e longe de estar definida.

Depois, quando o placar já mostrava 3 a 0 para o Brasil, Alisson precisou fechar o ângulo do próprio Hwang, que havia passado pela marcação e tentou fazer o gol pela linha de fundo. Mais uma intervenção importante, mesmo com a vitória bem encaminhada.

Alisson - Brasil x Coreia do Sul
Alisson - Brasil x Coreia do Sul

Alisson teve trabalho contra a Coreia do Sul (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

No segundo tempo, mesmo com o 4 a 0 no marcador, Alisson não teve sossego. Marquinhos falhou com Son, que conseguiu armar o chute, mas o goleiro "cresceu" tanto, que conseguiu desviar com o braço/ombro de forma suficiente a colocar a bola para fora. Parecia um gol certo, que o arqueiro do Liverpool fez um "milagre" para evitar.

> AO VIVO: acompanhe em tempo real os passos da Seleção Brasileira na Copa do Mundo

Por fim, em mais uma desatenção geral da defesa brasileira, Hwang pegou uma sobra para bater firme para o gol, mas Alisson defendeu evitando o gol. No rebote, a bola bateu em um jogador sul-coreano que estava em posição de impedimento e o lance acabou.

Alisson não conseguiu evitar o gol de Seung-ho Paik, que não deu chances para qualquer goleiro pegar, mas a amostra durante os outros minutos que esteve em campo foram suficientes para mostrar que ele está em dia com a segurança da Seleção, mesmo passando dois jogos sem "trabalhar" praticamente. E ainda deu tempo de ele deixar um espaço para Weverton, único que ainda não havia entrado em campo, jogar um pouco.

> ATUAÇÕES: Vini Jr e Thiago Silva são os melhores em atuação de gala do Brasil

A Seleção Brasileira terá mais três dias de treinamento no Grand Hamad Stadium antes de pegar a Croácia, na próxima sexta-feira, às 12h (de Brasília), pelas quartas de final da Copa do Mundo do Qatar. Se vencer, o Brasil pega o ganhador de Argentina x Holanda.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.