Após dias terror no Nepal, alpinistas iniciam descida de montanha atingida por ciclone

·1 minuto de leitura


Os montanhistas tchecos Marek Holecek e Radoslav Groh, que estavam a quase quatro dias presos na montanha Baruntse, no Nepal, afirmaram através do celular de um deles que estavam conseguindo descer a montanha neste sábado.

+ Conheça o novo app LANCE RESULTADOS! Tabelas, confrontos e muito mais!

- Descemos, descemos, descemos! - disseram eles, em comunicação com as equipes de resgate.

Na última sexta, a dupla já havia se comunicado e afirmado que esperavam por um milagre para sobreviver.

- A situação não mudou, estamos presos a sete mil metros e não podemos nos mover. Ainda está nevando, o vento está forte e não há visibilidade. Estamos esperando por um milagre que espero chegar no sábado - relatou na sexta-feira.

A montanha que estava sendo escalada pelos alpinistas foi atingida por uma forte tempestade ocasionada pelo ciclone Yaas, que atinge a Índia. Segundo o 'El País', os tchecos conseguiram sobreviver graças ao celular que enviava informações via satélite e os informava sobre condições meteorológicas mais favoráveis neste sábado.

Ainda segundo o jornal, eles não usaram seus telefones via satélite para solicitar resgates insanos e tentaram manter o equipamento aquecido para continuar funcionando

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos