Após derrota, Pato agradece ida de torcida ao Peru e promete sacrifício


O São Paulo saiu na frente, mas fez um segundo tempo ruim na altitude de Juliaca, no Peru, e estreou na Copa Libertadores com derrota de virada por 2 a 1 para o Binacional, no Estádio Guillermo Briceño Rosamedina. A partida foi válida pelo Grupo D do torneio continental.

> Veja classificação e simulador da Libertadores clicando aqui

O gol de Pato foi o quarto dele nos últimos três jogos, desde que raspou o cabelo. O atacante falou sobre o lance, lamentou as chances perdidas pelo time brasileiro no primeiro tempo, e indicou influencia dos 3.825 metros da cidade peruana no resultado.

- O gol foi uma jogada boa. O Pablo conseguiu me achar dentro da área, consegui girar e bater para o gol. Mas nesses jogos, temos que fazer o gol em todas as oportunidades que temos. A gente voltou para o segundo tempo e eles conseguiram fazer o gol. Vou trabalhar para a equipe, me sacrificar muito. Hoje era difícil, não vou ficar dando desculpa da altitude, mas era um jogo muito difícil. Agora é trabalhar em cima dos erros desse jogo. Na volta, em casa, esperar a torcida para nos apoiar bastante. Eles vieram hoje, é um motivo de muito orgulho para nós. Temos que buscar a vitória de qualquer jeito.

Com o resultado, o São Paulo foi o único brasileiro a não vencer na primeira rodada do torneio continental, e complica sua situação no difícil Grupo D, que ainda tem LDU e River Plate. O Tricolor volta a campo pela Libertadores próxima quarta, contra os equatorianos. Antes, visita o Botafogo-SP, pelo Paulistão.








Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também