Após derrota na Champions League, Sevilla demite Julen Lopetegui

Julen Lopetegui se despediu da torcida do Sevilla após derrota na Champions (Foto: CRISTINA QUICLER / AFP)


Chegou ao fim a passagem de Julen Lopetegui pelo Sevilla. Nesta quarta-feira, após a derrota do clube espanhol para o Borussia Dortmund na Champions League, o time da Andaluzia anunciou a demissão do treinador de 56 anos.


A pressão sobre Lopetegui era grande, e o treinador já sabia que sua passagem havia chegado ao fim. Após a partida, o agora ex-técnico do Sevilla disse que ninguém faltou com respeito e afirmou que está triste com a situação.

+ Veja a tabela, os jogos e os grupos da Champions League

- Hoje não é sobre isso (respeito). É um momento de gratidão ao clube por tudo o que vivemos e por tudo o que passamos e conquistamos. Não tenho um sentimento negativo no momento. De tristeza, sim, mas negativo, não há nada - disse Lopetegui à "Movistar".

Julen Lopetegui estava no Sevilla desde julho de 2019 e tinha contrato até junho de 2024. Em 2020, o treinador conduziu a equipe espanhola ao título da Europa League, sobre a Inter de Milão. Ao todo, foram 170 jogos, com 89 vitórias, 45 empates e 36 derrotas.

+ Saiba os 30 times do futebol mundial que mais dão passes por jogo

O substituto de Lopetegui já está definido. Trata-se de Jorge Sampaoli, que está sem clube após deixar o Olympique de Marseille em julho. O argentino irá para sua segunda passagem na equipe (a primeira foi na temporada 2016/17) e deverá ser anunciado nesta quinta-feira.