Após definir alvo para substituir Danilo, Palmeiras recua por meia ex-Flamengo


O Palmeiras já definiu o substituto ideal para o volante Danilo, vendido para o Nottingham Forest, da Inglaterra, na última semana: Matheus Henrique, ex-Grêmio e que atualmente defende o Sassuolo, da Itália. Com isso, o nome de Jean Lucas, do Monaco, está praticamente descartado no clube alviverde. No Brasil, o jogador foi revelado pelo Flamengo e também teve uma breve passagem pelo Santos.

A primeira proposta recebida pelo Verdão por Danilo foi justamente do clube francês, que em dado momento das tratativas cogitou incluir Jean no negócio, além de uma quantia em dinheiro. Porém, depois disso o Nottingham apareceu com um projeto considerado financeiramente mais vantajoso para a diretoria alviverde e o negócio foi firmado.

+ Dudu tentou, mas não conseguiu salvar um previsível Palmeiras

+ Confira as movimentações do mercado da bola no vaivém do LANCE!

Depois de fechar a venda de Danilo ao Nottingham, o Palmeiras chegou a procurar o Monaco para tentar a contratação de Jean Lucas, mas sentiu resistência dos franceses, que pediram um valor considerado inacessível pelos palestrinos. Além disso, o atleta deseja permanecer na Europa, e essa posição é endossada pela família e estafe do jogador.

+ Confira a tabela do Paulistão e simule os jogos da competição estadual

Frente a não evolução na tentativa de repatriar Jean Lucas, o Verdão então passou a buscar Matheus Henrique. E a chance de sucesso para os palmeirenses na negociação tem se tornado cada vez mais real, já que, diferentemente de Jean, Matheus sinalizou que gostaria de deixar o Velho Continente para vestir a camisa alviverde.

Matheus Henrique - Sassuolo
Matheus Henrique - Sassuolo

Ex-Grêmio, Matheus Henrique é o alvo do momento para o meio-campo do Verdão (Foto: Divulgação/Sassuolo)

O Palmeiras tem um representante na Itália e deve apresentar uma proposta oficial para o Sassuolo ainda nesta semana. A ideia é que a oferta gire em torno de 5 a 6 milhões de euros (R$ 27,6 a 33,2 mi, na cotação atual), valor inferior ao que o Monaco pede para abrir as negociações por Jean Lucas.